publicidade
15/04/18
Foto: Bobby Fabisak/ JC Imagem
Foto: Bobby Fabisak/ JC Imagem

Primeiro Clássico das Emoções da Série C termina empatado

15 / abr
Publicado por Karoline Albuquerque em Instant Articles às 20:52

A estreia na Série C do Campeonato Brasileiro em um Clássico das Emoções para as duas equipes não passou de um empate, na noite deste domingo (15), na Arena de Pernambuco. O Náutico teve suas chances e abriu o placar com Ortigoza no primeiro tempo. Mas viu o Santa Cruz igualar com Jeremias na etapa complementar e fechou o placar em 1×1.

Na próxima rodada, o Alvirrubro enfrenta o Botafogo-PB fora de casa, na noite de sábado (21), enquanto o Tricolor recebe o Atlético-AC no dia seguinte, no estádio do Arruda. Antes, o Timbu recebe a Ponte Preta na quarta-feira (18), pela volta da quarta fase da Copa do Brasil.

CAUTELA

O primeiro tempo parecia bastante equilibrado, com os dois times mantendo a cautela. Do lado tricolor, eram visíveis as linhas de quatro defensivas. Entre os alvirrubros, a marcação também se sobressaia. Mas, de chegar realmente à área adversária com perigo, o Náutico que se destacou.

TENTATIVAS

Com dois minutos de jogo, Wendel bateu firme de fora da área e a bola bateu na rede pelo lado de fora. Em um contra-ataque do Timbu aos 20 minutos, a equipe mandante ficou com escanteio. A cobrança parecia maturar o gol que estava por vir. Camacho cabeceou, a bola bateu no travessão, caiu, bateu na canela de Ortigoza e saiu à direita de Tiago Machowski.

CENTROAVANTE

Cinco minutos depois, Robinho rolou para Wendel e o volante mandou para o gol. Após desvio na defesa tricolor, a bola bateu no travessão. No escanteio, o lance foi bastante semelhante ao anterior. Camacho mais uma vez ganhou da zaga adversária e a sobra de novo ficou com Ortigoza. O paraguaio não desperdiçou outra vez e abriu o placar para o Náutico.

Nautico ,Santa Cruz - Ortigoza
Foto: Alexandre Gondim/JC Imagem

REINÍCIO

O Santa Cruz tentou pressionar a defesa alvirrubra no início do segundo tempo. A marcação do Náutico, porém, seguia atenta. E mais uma vez, foi o Timbu a levar perigo. Ortigoza entregou bom passe para Robinho perto da pequena área e o garoto chutou por cima do gol tricolor.

PRESSÃO

Perto dos 20 minutos desta etapa, o Santa Cruz, ainda mantendo a postura ofensiva, teve um escanteio para cobrar. A bola chegou à área e Danny Morais cabeceou livre para o gol. A bola ficou nos braços do goleiro alvirrubro Bruno. Depois, Thiago Ennes cometeu falta muito perigosa, quase na linha da grande área, em Augusto do lado direito da defesa alvirrubra. Robinho cobrou e o arqueiro do Náutico saltou para espalmar.

RESPOSTA

No contra-ataque, Robinho chegou na área adversária e chutou com perigo, tentando pegar Tiago Machowski de surpresa. Atento, o goleiro tricolor fez uma bela defesa, em resposta ao arqueiro alvirrubro, e mandou para escanteio.

FILA

Aos 30 minutos, Fabinho Alves fez uma fila de três marcadores na área alvirrubra. Ele tentou entregar voltando na entrada da área, com Bruno já vendido na jogada. A zaga do Náutico conseguiu se reorganizar e evitou qualquer lance mais perigoso.

RESULTADO

Em clássico, não se pode perder oportunidades. O Náutico seguia mantendo seu jogo e Rafael Assis disparou para o ataque, demorou a arrematar e perdeu a bola. Assim, provou do próprio veneno. Jeremias recebeu boa bola na entrada da área, aos 38 minutos, a defesa adversária se reposicionou sem dar combate, e o jogador tricolor bateu forte no canto direito de Bruno, empatando o placar e fechando o jogo em 1×1.

FICHA DA PARTIDA – NÁUTICO 1 x 1 SANTA CRUZ

Náutico: Bruno; Thiago Ennes, Camutanga, Camacho e Kevyn; Negretti, Jobson (Júnior Timbó) e Wendel (Wendel); Robinho, Ortigoza (Wallace Pernambucano) e Rafael Assis. Técnico: Roberto Fernandes.

Santa Cruz: Tiago Machowski, Vítor, Danny Morais, Augusto Silva e Henrique Ávila (Mailton); Luiz Otávio, Leandro Salino (Augusto) e Geovani (Jeremias), Fabinho Alves, Robinho e Robert. Técnico: Júnior Rocha

Série C (1ª rodada). Local: Arena de Pernambuco, em São Lourenço da Mata (PE). Árbitro: Felipe Gomes da Silva (PR) Assistentes: Pedro Martinelli Christino e Luciano Roggenbaum (ambos do Paraná) Gols: Ortigoza (N), aos 26′ do 1T, e Jeremias (S), aos 38′ do 2T Cartões amarelos: Wendel, Thiago Ennes e Negretti (N); Geovani e Luiz Otávio (S) Público: 4.616 Renda: R$ 71.075


FECHAR