publicidade
25/02/18
Santa apenas empatou com o Pesqueira por 0x0 no Arruda, jogando com 10 desde os 7 minutos do primeiro tempo. Foto: Bobby Fabisak/JC Imagem
Santa apenas empatou com o Pesqueira por 0x0 no Arruda, jogando com 10 desde os 7 minutos do primeiro tempo. Foto: Bobby Fabisak/JC Imagem

Com dez em campo, Santa Cruz bate na trave empata com o Pesqueira

25 / fev
Publicado por Tiago Morais em Instant Articles às 19:02

Não deu. mesmo com maior posse de bola no segundo tempo de jogo, duas bolas na trave o Santa Cruz não conseguiu vencer o Pesqueira pela 9ª rodada do Campeonato Pernambucano. O resultado de 0x0 neste domingo (25) no Arruda, pode complicar a vida do tricolor na tabela de classificação que agora conta apenas com oito pontos ainda segue no grupo dos oito que passam para a próxima fase mas e mesmo com a rodada ainda a ser completada não sai. Sem gols o time de Júnior Rocha não perde há seis partidas mas também é o time que mais empatou no torneio estadual.

Expulsão, e posse de bola

O tricolor do Arruda começou a partida bem, mas logo aos 7 minutos, Luiz Otávio fez falta dura em Miller do Pesqueira, na frente do árbitro que já puxou o cartão vermelho e o tirou do jogo. De quebra, Daniel Sobralense recebeu o amarelo por reclamação. Com isso o Pesqueira ganhou mais espaço no meio-campo, e começou criar jogadas de ataque buscando o gol.  Mesmo assim o Santa Cruz criou chances, como a que aconteceu aos 26 minutos, Hericles cruza e Daniel Sobralense cabeceia a bola na área do Pesqueira. Foi só porque praticamente toda as chances de pressão ou perigo de gol foram do Pesqueira até o final da primeira etapa.

Mudança e alteração no jogo

No prejuízo numérico e no futebol apresentado, o técnico Júnior Rocha teve que mexer no segundo tempo.  Antes do apito, Fabinho Alves entrou em campo para estrear com a camisa do tricolor do Arruda, em virtude da saída de Augusto, acusando lesão. Mas não foi só na escalação que o Santa mudou, na forma de jogar também. Com o Pesqueira aberto o time de Júnior Rocha se lançou mais ao ataque, em pressão aos 12 minutos a bola beijou a trave com Augusto Silva cabeceando, xxxx uma reação tricolor.

Polêmica e chuva de cartões

Aos 29 minutos o Santa Cruz teve uma falta para cobrar, por ela o zagueiro Erivelton do Pesqueira tomou cartão amarelo. Robinho cobra, a bola vai na trave e na sequência do lance na área, Geovane é derrubado na área. O árbitro assinala pênalti mas retira a marcação quando aciona o assistente que diz que a infração foi cometida quando a bola já não estava mais em jogo.  Por reclamação Geovane e Augusto Silva tomaram amarelo. E com a pressão do Santa, Jean Carlos, Romário e Daniel Tavares receberam a tarjeta também. Mesmo com tantas chances criadas o placar permaneceu inalterado. No apito final Santa Cruz 0x0 Pesqueira

Ficha do Jogo

Santa Cruz

Ricardo Ernesto; João Ananias, Augusto Silva, Genílson e Paulo Henrique; Jorginho, Luiz Otávio e Daniel Sobralense; Augusto(Fabinho Alves), Héricles e Robinho. Técnico: Júnior Rocha .

Pesqueira

Pezão; Romário, Erivelton, Fábio Recife e Rogério; Valber(Dadinha), Grafite, Jhonata e Miller; Nau Petrolina e Daniel Tavares. Técnico: Lima – Cartões Amarelos: Valber (P) Erivelton (P), Romário(P), Jean Carlos (P) e Daniel Tavares(P), Augusto Silva(S), Geovane(S)Cartões Vermelhos: Luiz Otávio (S) – Arbitragem: Tiago Nascimento / Assistentes: Gilberto Freire e Charles Rosas

 


FECHAR