publicidade
19/12/17
Foto: Reprodução/ Youtube.
Foto: Reprodução/ Youtube.

Lateral contratado pelo Náutico ajudou a quebrar jejum de 36 anos do Santa Fe, da Colômbia

19 / dez
Publicado por Wladmir Paulino em Náutico às 15:11

De uma coisa o torcedor do Náutico não poderá reclamar quando o clube receber o lateral-esquerdo Hugo Acosta: o pé esquerdo dele é quente. Quando teve seu melhor ano como atleta profissional, em 2012, ele ajudou o tradicional Independiente Santa Fe, da Colômbia, a encerrar um jejum de 36 anos sem vencer o Campeonato Colombiano. Ele fez parte do grupo que iniciou uma incrível fase do Expresso Vermelho, que conquistou nove títulos em oito anos.

Leia mais:

Náutico anuncia lateral-direito Thiago Ennes como reforço

A coletânea de títulos do Santa Fe começou em 2009. Dois anos depois, Hugo chamou a atenção pelos bons desempenhos no Juventud Girardot e assumiu a lateral esquerda. No ano seguinte, 2012, conquistou o título colombiano, o sétimo da história do clube. Em 2013, apesar de naufragar no campeonato nacional, o jogador estava em campo novamente para fazer história com a conquista da Supercopa da Colômbia. Naquele ano também chegaria até às semifinais da Libertadores, quando perdeu para o Olímpia (PAR) – nas oitavas eliminou o Grêmio.

Só em 2014, o técnico Wilson Gutiérrez, que o comandara no Santa Fe, o levou para o Deportivo Pasto. De lá foi para o Llaneros, até deixar a Colômbia e defender o Antigua GFC, da Guatemala. Na equipe guatemalteca entrou em campo 44 vezes na temporada 2016/2017, sendo 43 delas como titular. Marcou um gol na Liga Nacional e tomou 17 cartões amarelos.


FECHAR