publicidade
30/10/17
Jogador disputou 21 jogos pelo Timbu. Foto: Alexandre Gondim/JC Imagem
Jogador disputou 21 jogos pelo Timbu. Foto: Alexandre Gondim/JC Imagem

Meia Giovanni pede para deixar o Náutico

30 / out
Publicado por Karoline Albuquerque em Instant Articles às 16:52

O Náutico confirmou na tarde desta segunda-feira (30) o desligamento do meia Giovanni através do seu Twitter. De acordo com o clube, o jogador procurou a diretoria e pediu para deixar o time. O gerente Ítalo Rodrigues explicou que o atleta alegou motivos pessoais para solicitar a saída.

“Obviamente, Diógenes (Braga, vice-presidente de futebol) e a diretoria achamos por bem acatar o pedido do atleta. Ele vai dar seguimento e a gente deseja sucesso e boa sorte na vida profissional”, acrescentou Rodrigues. O gerente ainda disse que é uma situação diferente de quando o também meia Bruno Mota saiu e voltou ao clube, pois Giovanni tem vínculo apenas com o Náutico. “Facilita uma rescisão de uma forma mais amigável”, pontuou.

LEIA MAIS:

Mulheres poderão frequentar estádios de futebol na Arábia Saudita a partir de 2018

Amaral diz que vitória no clássico pode mudar atmosfera no Náutico

Atacante do Náutico admite emocional difícil, mas foca luta contra queda

O meia foi contratado pelo Timbu no mês de junho e estreou na partida contra o Internacional, pela 6ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B. Ele garantiu a titularidade no time sob o comando dos três técnicos com quem trabalhou: Waldemar Lemos, Beto Campos e Roberto Fernandes.

Giovanni disputou 21 jogos pelo Náutico, marcando dois gols, um diante do Guarani no primeiro turno e outro na vitória sobre o Figueirense já sob o comando do técnico Roberto Fernandes. O meia esteve em campo na última partida, o empate sem gols com o Juventude fora de casa no último dia 24.


FECHAR