publicidade
12/11/15
arrudaxarena
arrudaxarena

Artigo: Náutico no Arruda – Money, money, money

12 / nov
Publicado por Ramon Andrade em Náutico às 8:34

arrudaxarena

O médico, pesquisador e blogueiro, Roberto Vieira, foi dormir sem saber que o Náutico voltaria a mandar um jogo no Arruda, contrariando os interesses do contrato com a Arena. E escreveu para o Blog um artigo com suas reflexões, que você lê abaixo.

Money, Money, Money

Por Roberto Vieira, médico, pesquisador e blogueiro

Quando falta dinheiro em casa, adeus coerência.

Sou um alvirrubro apaixonado pelo Arruda. Vi o Náutico dando volta olímpica por lá várias vezes. Aliás, sou de uma geração que só foi campeã pernambucana na casa tricolor. Como não cultivo ódio nem rancor pelos adversários, jogar no Arruda faz parte da minha memória afetiva.

Porém, na vida sempre é importante coerência – embora vida e futebol fujam da coerência como o diabo da santa cruz. Faz pouco tempo, a diretoria do Náutico vetava o Arruda por falta de segurança. O veto não se concretizou e o Náutico foi lá dentro do Mundão e meteu 3 x 1 no Santa Cruz com show de Hiltinho. O veto, aliás, foi no mínimo deselegante visto que os alvirrubros se arretavam quando falavam mal dos Aflitos.

Pois bem, e voltando ao assunto que senão me perco, a mesma diretoria alvirrubra que desprezava o Arruda decide jogar sua cartada decisiva nesse ano contra o Bahia por aquelas bandas. A Arena Itaipava que assistiu impávida uma sucessão de triunfos Timbus nesse Brasileiro da Série B é escanteada.

E qual o motivo de tal gesto?

O Náutico está pensando no conforto de sua torcida? Um súbito ‘voltei, Recife!’ bateu na rapaziada? Nada disso, né? A resposta está no bolso vazio dos alvirrubros.

O bolso vazio aceita jogar contra o Bahia em campo adversário. Nesse caso, adversário sim, e em dobro. Bahia e Santa Cruz querem ver a caveira do Náutico – analogicamente falando. Ambos disputam ponto a ponto a luz no fim do túnel em 2016. O Arruda jamais será campo neutro nem alvirrubro no jogo do dia 21 de novembro.

A diretoria do Náutico acertou?

Depende. A coerência foi pro espaço e os dedos e anéis também. Mas o futebol registra com orgulho e amnésia quem vence. Caso o Náutico passe pelo CRB – isso, convém lembrar que tem CRB na parada – derrote o Bahia e volte com a classificação de Bragança Paulista, os dirigentes de Rosa e Silva serão carregados nos braços da torcida, ovacionados em praça pública, cantados em prosa e verso de cordel. De quebra, vão mandar botar uma placa nas Repúblicas Independentes do Arruda em agradecimento.

Caso contrário?

Sempre restará o exílio e a oposição…  

LEIA MAIS:

>> Náutico vai enfrentar o Bahia no Arruda


FECHAR