publicidade
26/08/15
DS_biancucchi_770
DS_biancucchi_770

O peso de Diego Souza e Maxi Biancucchi para Sport e Bahia

26 / ago
Publicado por Karoline Albuquerque em Notícias às 11:45

DS_biancucchi_770

Antes que o primeiro protesto chegue – “Diego Souza joga Série A e Biancucchi joga a B!” – já estampamos aqui na primeira linha. Passada essa fase, vamos ao ponto: o texto que se segue apresenta alguns números de dois dos pilares de Sport e Bahia, que se enfrentam hoje à noite pela Copa Sul-Americana e não estão aqui para dizer que um é melhor que outro mas a importância de cada um para o sucesso de sua equipe.

» Sport encara o Bahia para readquirir confiança

Diego Souza lidera nada menos que cinco fundamentos no time da Ilha do Retiro no atual Brasileirão. Para começo de conversa é o artilheiro da equipe com seis gols – divide o mérito com o atacante André. Também é o jogador que mais finaliza. No total são 38, 14 delas corretamente, número que o coloca no topo.

Ele também é o melhor driblador com 90,9% de acertos. Na hora de deixar os companheiros em situação de marcar gols segue a mesma linha. São cinco assistências para gol e outras 34 para finalização. Até no fundamento que é dominado por laterais ele está na frente: são 19 certos.

No lado baiano da história, Biancucchi jogou menos que DS87: 12×19. Mas a importância está lá estampada. É o artilheiro do Tricolor de Aço na Segundona com três gols. Se o assunto é finalizar é com ele mesmo. Com nove acertos é o terceiro da competição. Entre os dribladores fica em segundo lugar com 42,9% de acertos.

O argentino também não fica a dever quando se torna um jogador servidor. São 14 assistências, uma delas convertida em gol e as demais resultantes em finalizações. Só uma para gol? Lembrem-se que o gol é responsabilidade de quem finaliza e não de quem deixa o companheiro de cara para as três traves.

Além da prioridade que é procurar o gol, Biancucchi não faz feio na hora de defender. A posição dele na lista de desarmes é um modesto 10º lugar, mas o índice de acerto é bem alto. Das 16 tentativas de tirar a bola dos rivais ele acertou apenas uma.


FECHAR