publicidade
17/09/11

Sinuca inglesa para brasileiro ver

17 / set
Publicado por Alvaro Filho em Notícias às 7:00

Arena Brazil Master Snooker com ótimo público no jogo Steve Davis x Ali Carter // Fotos: Breno Pires

FLORIANÓPOLIS – O Blog do Torcedor resolveu dividir neste fim de semana as atenções do futebol com um esporte com outras bolas, que não valem a pena tentar chutar. Trata-se do snooker — a sinuca em sua versão inglesa, um pouco diferente da jogada no Brasil. É que está acontecendo o Snooker Brazil Master 2011, competição oficial da WPBSA, sigla em inglês para Associação Profissional Mundial de Bilhar e Sinuca. E o blog veio cobrir o evento, realizado no resort Costão do Santinho, em Florianópolis.

Algumas das grandes feras do esporte no mundo participam do torneio, incluindo o número 1 do ranking da WPBSA, Mark Selby, que vem da conquista do Masters de Shangai. Outros grandes vencedores, como Steve Davis, seis vezes campeão mundial, e Stephen Hendry, sete vezes campeão, também vieram competir. Outra fera é Shaun Murphy, campeão mundial em 2005. 

Distribuição das bolas e tamanho da mesa são diferentes no snooker

O alto nível não é só dos jogadores. A organização também é de primeira. Palavras do diretor de competições da WPBSA, Michael Ganley. "A estrutura tem sido excelente. Está tudo no padrão dos eventos que organizamos no Reino Unido", disse o inglês em entrevista ao blog. O elogio soa ainda melhor considerando que é a primeira vez que um país sul-americano sedia um evento deste nível.

Michael Gamley diz que a organização é de altíssimo nível

Com transmissão para pelo menos 67 países, pelo canal Eurosports (que passa todos os jogos ao vivo) e por outras emissoras do Oriente Médio e da China, o Snooker Brazil Master pode ser assistido no Brasil no canal Bandsports. A premiação total do evento é de U$ 200 mil.

OS JOGOS

Nesta sexta-feira, Murphy foi um dos que se classificaram para as quartas de final. Ele venceu por 4 frames a 0 (o frame é algo como o set do tênis e do vôlei; saiba mais sobre as regras AQUI) o brasileiro Sobradinho de Deus, que se qualificou para o torneio nas etapas preliminares, ocorridas há uma semana. Outro brasileiro, Noel Rodrigues, deu mais trabalho para Stephen Hendry, mas perdeu, por 4 a 1. 

Sobradinho de Deus (D) perdeu para Shaun Murphy (E)

Stephen Hendry (foto) venceu o brasileiro Noel Rodrigues

Ricky Walden derrotou Martin Gould por 4 a 1, e o já citado Steve Davis — que na década de 1980 já fez duelos com o brasileiro Rui Chapéu — também não conseguiu avançar. Perdeu por 4 a 2 para Ali Carter, bem mais jovem.

Ali Carter (foto) venceu o multicampeão Steve Davis

Por sinal, Rui Chapéu, aos 71 anos, veio para o evento na condição de homenageado. Batemos um papo com a lenda do sinuca brasileiro, e publicaremos em breve a conversa.

Rui Chapéu

Alberto Feitosa, secretário de turismo de Pernambuco, também esteve por aqui. E não veio só a passeio. Existe interesse em levar para Pernambuco nos próximos anos o Snooker Brazil Masters — cujo contrato prevê mais quatro edições no Brasil. É também vontade da Publikimagem, realizadora do evento, que tem matriz em Pernambuco.

NESTE SÁBADO

Melhor jogador de snooker brasileiro na atualidade, Igor Figueiredo será o único representante do país nas quartas de final, que acontecem neste sábado. Ele venceu Jamie Cope (décimo sétimo do mundo) e enfrentará Graeme Dott às 15h. Mark Selby enfrenta Peter Ebdon às 11h.

Às 19h30, Shaun Murphy enfrentará Ricky Walden. Em seguida, Stephen Hendry enfrentará Ali Carter, às 21h30. Ambos os jogos podem ser assistidos no Bandsports, que também passará um compacto dos outros dois duelos.

As semifinais e a final acontecem no domingo. O primeiro jogo começa às 10h, o segundo às 14h. A grande decisão, co transmissão no Bandsports, está marcada para as 19h30. Com uma pontualidade que é tão britânica quanto o snooker.


FECHAR