NO TRÂNSITO

Filha de Gretchen, Jenny Miranda relata tentativa de assalto e fala de trauma: “Mais de 48 horas sem dormir”

Filha de Gretchen, Jenny Miranda relata tentativa de assalto e fala de trauma: “Mais de 48 horas sem dormir”

Gretchen e a filha, jenny Miranda - Foto: @jennybritomiranda

Publicado em Famosos Instant Article 10/06/2021 às 4:47

Jenny Miranda, filha da cantora Gretchen, relatou em rede social uma tentativa de assalto que sofreu na Barra da Tijuca, no Rio de Janeiro. Muito abalada, ela disse que estava mais de 48 horas sem conseguir dormir.

“Eu não consegui dormir à noite, foi bem complicado para mim. Realmente é difícil esquecer um acontecido desses, mas eu vou ficar bem e já vou ficar melhor. Hoje, eu não estou em condições, preciso do dia para descansar e botar a cabeça em ordem”, disse a filha de Gretchen.

“Mais de 48 horas sem dormir, nem de dia e nem de noite! Tá osso. Mas amanhã, mesmo exausta, traumatizada e triste, vou levantar a cabeça. Graças a Deus, estou bem, estou viva e tenho muito que agradecer a Deus por sempre me proteger dos meus inimigos. Então, não tem motivos para não estar de volta à rotina de trabalhos”, completou Jenny Miranda.

LEIA MAIS
+ Faustão é internado e não consegue gravar o ‘Domingão do Faustão’ pela primeira vez
+ O que Faustão teve? Entenda o que é infecção urinária
+ Tiago Leifert é escalado para substituir Faustão

Em entrevista à colunista Fábia Oliveira, Jenny Miranda explicou que, no momento do assalto, estava no carro, parada no trânsito e falando com o marido pelo telefone quando foi abordada por dois jovens. “Meus filhos não estavam comigo, graças a Deus, porque eu fiquei paralisada. Os caras estavam com duas armas apontadas pra mim e me xingando muito, dando coronhada no vidro do carro… Fiquei sem saber o que fazer ou como reagir. Tem um filme passando na minha cabeça até agora. Eram dois meninos muito novos. Isso me traumatizou e agora pretendo ficar um tempo sem andar de carro sozinha.”

Um outro condutor jogou o carro na direção dos assaltantes, que fugiram.

Compartilhe
Tags:
Publicado por
Romero Rafael

Comentários