ANÁLISE

No BBB21, discurso do jogo de Lumena enfraquece pautas sociais

No BBB21, discurso do jogo de Lumena enfraquece pautas sociais

Lumena Aleluia traz temáticas importantes de forma rasa no BBB21 (Foto: Reprodução/TV Globo)

Publicado em BBB 21 17/02/2021 às 9:21

Desde a estreia do Big Brother Brasil 21, em janeiro deste ano, pautas de movimentos sociais têm repercutido – sobretudo, a partir dos posicionamentos da psicóloga baiana Lumena Aleluia sobre racismo.

LEIA TAMBÉM: Cancelados: veja os brothers que saíram com a maior taxa de rejeição na história do BBB

Não demorou muito para que a participante fosse acusada de usar dessas pautas em benefício próprio, num mau uso de questões sensíveis. Como quando ela, lésbica, questionou a bissexualidade de outro participante.

Munida de um vocabulário academicista, Lumena ainda tornou inacessíveis ao entendimento de boa parte da audiência do BBB temáticas que levantou; esvaziando o que seriam oportunidades para trazer à tona discussões de sexualidade e cor da pele, por exemplo. O meme ‘Lumena Autorizou’ foi um sintoma da conduta da baiana, que por vezes apontou o dedo para alguns brothers e fechou os olhos para outros, aliados seus no jogo.

A contradição de Lumena contribuiu para a alta rejeição dela entre o público e afetou sua vida pessoal. Ela, que é praticante do candomblé, foi acusada de intolerância religiosa por rir de gozações feitas por aliados na casa citando o orixá Xangô. O Terreiro Roça do Ventura, do qual a baiana é filha, emitiu uma nota sobre o caso.

“Lumena é neta da Roça do Ventura, vodunci de apenas um ano de jornada. O vodunci comete muitos erros até chegar a sua maior idade. Erros esses que Dofona (Lumena) cometeu nessa infeliz conversa com outros participantes”, declarou Etemy Ogorensi Aline, filha do terreiro, no Recôncavo Baiano.

Movimentos sociais se manifestam

Para Ingrid Farias, pesquisadora em gênero, raça e segurança pública e ativista da Articulação Negra de Pernambuco; a presença da baiana no Big Brother Brasil tem representatividade, mas ela afirma que as discussões estão sendo feitas de forma rasa. “O que a gente entende é que a Globo se apropria desse movimento político do que contribui para o que tentamos questionar do sistema”, opina.

LEIA TAMBÉM: Lumena dispara sobre Carla Diaz: “Toda cagada na branquitude”

“Estamos vivendo um momento de transição social, que vem pontuando o que é a estética e as pautas negras. Logo, é muito importante não só o que Lumena como outras pessoas estão fazendo dentro do reality”, comenta, citando também o papel do pernambucano Gilberto Nogueira para a construção dessas discussões.

Apesar disso, a pesquisadora ainda afirma que essas discussões estejam sendo feitas de forma rasa – tanto pela forma que são exploradas, como no formato da edição do programa. “O que a gente entende é que a Globo se apropria desse movimento político do que contribui para o que tentamos questionar do sistema”, opina.

O posicionamento de Lumena – junto com Karol Conká, Nego Di, eliminado ontem (16) e Projota – pode trazer uma certa visão negativa sobre pautas raciais que, na sociedade, chegam a ser deslegitmadas. “Para nós do movimento negro, não é o momento de estarmos julgando qual. E é interessante refletir também o porquê de apenas essas pessoas estarem nesse local de julgamento”, questiona.

Compartilhe
Comentários