DISPUTA

Justiça nega pedido de liminar de Thelma Assis contra Eduardo Bolsonaro

Justiça nega pedido de liminar de Thelma Assis contra Eduardo Bolsonaro

Thelma Assis ganhou o BBB20 e levantou discussões sobre o racismo (Foto: Reprodução/Instagram)

Publicado em Famosos 25/01/2021 às 8:42

Negou-se o pedido de liminar feito por Thelma Assis contra Eduardo Bolsonaro (PSL-SP). De acordo com informações da Folha de São Paulo, a decisão do Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo favorece o deputado federal após pedido feito pela ex-BBB sobre publicações no Instagram.

LEIA TAMBÉM > Band pode ser o destino de Faustão, diz colunista

Thelma Assis teria pedido que fossem apagadas postagens feitas pelo filho do presidente da república que a criticavam por viagem realizada no período de fim de ano. A campeã do BBB havia alugado uma ilha junto com Manu Gavassi, Rafa Kalimann e Bruna Marquezine.

“Ex-BBB Thelminha embolsou R$ 180 mil do prefeito Bruno Covas, dinheiro dos paulistanos, para dizer para você salvar vidas ficando em casa e ela ir curtir ano novo numa praia ‘cazamiga'”, comentou o deputado.

De acordo com publicação do portal Metrópoles, a juíza Paula Fernanda Navarro sentenciou: “Os fatos trazidos como ofensivos não são falsos, conforme relatos da própria autora que confirmou que está em uma ilha em companhia de outros oito amigos. O valor recebido pela propaganda institucional também não foi especificamente infirmado pela requerente”.

Thelma, que é médica e está lutando na linha de frente contra a pandemia do novo coronavírus em Manaus, ainda não comentou o caso.

Compartilhe
Publicado por
Augusto Tenório

Comentários