TV

Saída de Adriana Araújo da Record teria como motivo críticas a Bolsonaro

Saída de Adriana Araújo da Record teria como motivo críticas a Bolsonaro

Adriana Araújo (Imagem: Reprodução)

Publicado em Jornalismo TV 13/01/2021 às 9:07

De acordo com publicação da coluna Na Telinha, do UOL, Adriana Araújo deve deixar a Record em março, quando chega ao fim o seu contrato com a emissora. O motivo, conta a publicação, seria as críticas da jornalista ao presidente Jair Bolsonaro.

LEIA TAMBÉM > Paola Carosella deixa o ‘MasterChef’

Adriana Araújo foi âncora do Jornal Record, o mais importante da emissora, por 14 anos. Lembrando que, após a saída do jornal, ela passou a apresentar o Repórter Record Investigação. De acordo com a coluna Na Telinha, o provável destino da profissional é a CNN.

As críticas que teriam gerado a retaliação por parte da emissora foram feitas em junho do ano passado, quando a jornalista falou sobre a falta de transparência do governoo presidente Jair Bolsonaro

Compartilhe
Publicado por
Augusto Tenório

Comentários