CONFUSÃO

Caso de polícia: Vanessa Mesquita faz boletins de ocorrência contra ex-sócia

Publicado em Notas 7/01/2021 às 12:09
Caso de polícia: Vanessa Mesquita faz boletins de ocorrência contra ex-sócia

Vanessa Mesquita. Foto: reprodução Instagram

Este é um início de ano movimentado para Vanessa Mesquita, mas não no bom sentido. A vencedora do BBB 14, em entrevista ao portal UOL, acusou a sua ex-sócia de injúria, difamação e de não prestar contas sobre o negócio que tinham juntas. A influenciadora dividia a administração de uma clínica de pets em São Paulo com a veterinária Camila Moreto.

A ex-BBB conta ao portal que se sente traída e que está fazendo uso de medicações para dormir: “Nem traição de namorado foi tão dolorosa como essa. Eu falava que ela era minha segunda mãe e ela falava que eu era irmã do filho dela. É muito doloroso. Era uma relação de respeito. Eu a colocava do meu lado, como minha parceira. Como ela conseguiu me enganar durante um ano? Eu era cega pela amizade dela”, conta Vanessa Mesquita ao UOL.

Também ao portal, Camila Moreto dá sua versão: “Quem fez o primeiro boletim de ocorrência fui eu por ela ter retirado da empresa em andamento um equipamento primordial para internação. Eu tinha animal internado precisando daquele equipamento. Tive que sair correndo atrás de equipamento emprestado”.

O caso Vanessa Mesquita x Camila

O UOL conta que, de acordo com Alinne Pimenta, advogada de Vanessa Mesquita, a ex-BBB teria investido cerca de R$ 260 mil, mas que passou a desconfiar da forma como os recursos estariam sendo administrados pela sócia e quis deixar a sociedade após pedido de R$ 100 mil adicionais, que serviriam para cobrir prejuízos. Foi quando teria descoberto, a partir dos extratos das despesas, que o dinheiro investido havia sido utilizado para compras de roupa, comida e afins.

Ainda de acordo com a publicação, foram feitos boletins de ocorrência por “injúria, difamação e pelo crime de furto de coisa comum”, que devem ser seguidos de ações judiciais para dissolução de sociedade e apuração de haveres.

A advogada comentou ao UOL: “O mais importante é ela recuperar pelo menos uma parte do prejuízo. Deixaram aluguel, contas para pagar e não estão entregando os números da prestação de contas”. Vanessa completa: “Eu não surtei do nada. Eu e meus advogados estamos há dois meses pedindo prestação de contas antes de caminhar para um processo. Estamos tentando chegar a uma negociação para que eles mostrem os números”.

Compartilhe
Publicado por
Augusto Tenório

Comentários