CAUSA

Aplicativo de música retira ‘Lili’ do ar após canção ser acusada de ter letra transfóbica

Aplicativo de música retira ‘Lili’ do ar após canção ser acusada de ter letra transfóbica

Pedro Motta e Henrique foram acusados de transfobia por conta da música 'Lili' (Foto: Reprodução/Youtube)

Publicado em Música 23/12/2020 às 7:56

O serviço de streaming Deezer retirou a música ‘Lili’ de Pedro Motta & Henrique do ar. O feito aconteceu na segunda-feira, 12, após a polêmica envolvendo a canção; que foi acusada de ter uma letra transfóbica.

Dupla sertaneja é acusada de transfobia por música e pede desculpa; no YouTube já são mais de 10 mil deslikes

Pelo Twitter, a plataforma afirmou que não compactua com o tipo de conteúdo da música. ‘Lili’, da dupla sertaneja, fala de um homem que se sente enganado após se envolver com uma travesti.

A atitude da empresa chegou a ser elogiada pela Associação Nacional de Travestis e Transexuais, a ANTRA. “É assim que se faz”, comentou o órgão na rede social. Internautas no geral também reagiram positivamente em relação ao Deezer; e agora cobram do Youtube e Spotify para que façam o mesmo.

O que significa cada letra da sigla LGBTQIA+

Compartilhe
Comentários