REPERCUTIU

Acusada de assédio moral, Anitta diz que esporro foi em sócios, e não em funcionários: “Infelizmente é real”

Acusada de assédio moral, Anitta diz que esporro foi em sócios, e não em funcionários: “Infelizmente é real”

Anitta - Foto: reprodução

Publicado em Famosos 18/12/2020 às 6:17

Anitta vem sendo criticada por causa de um esporro [transcrito ao fim do post] mostrado na série documental “Anitta: Made in Honório”, da Netflix. No áudio aparentemente direcionado a funcionários, a cantora grita e solta palavrões, pouco tempo antes de sua apresentação no Rock in Rio, em 2019, por causa do figurino incompleto.

O esporro, que é mostrado no quinto episódio da série, tem dado pano pra classificarem a postura de Anitta como assédio moral.

Nesta quinta-feira (17), Anitta falou sobre o assunto nos Stories do Instagram e se defendeu afirmando que falava com sócios, e não com funcionários: “Infelizmente [a cena] é real. Nessa cena, não são funcionários meus [com] quem estou falando, são meus sócios. São as pessoas que tenho para sair de mim, extravasar. São meus sócios há mais de sete anos”, diz a cantora. “Nesse negócio, a culpa acabou caindo para mim.”

“Eles inventaram um negócio de última hora, a gente não podia falar tanto do que realmente foi. Porém a culpa caiu para dentro de mim, mas tudo bem!”, concluiu.

O esporro

No áudio vazado, Anitta grita: “Eu que enfio uma tora no meu c* e tenho que fazer tudo sozinha. Agora eu quero falar para vocês que eu vou enfiar no de vocês. Porque toda vez vocês falam que eu sou grossa, que eu sou escrota, então eu sou mesmo, eu sou a put* que o pariu e o cara*** de asa, porque vocês não deixam eu fazer as coisas sozinha, tem que ser do jeito de vocês […] Não tem roupa, não tem roupa, porque vocês não se organizam e porque eu falo o que é para fazer e vocês não fazem”.

Compartilhe
Publicado por
Romero Rafael

Comentários