STREAMING

Netflix: busca por “filmes tristes” subiu na pandemia; veja produções mais vistas no Brasil

Netflix: busca por “filmes tristes” subiu na pandemia; veja produções mais vistas no Brasil

Cena de "Milagre na Cela 7" - Foto: reprodução

Publicado em Notas 11/12/2020 às 7:55

A Netflix, em clima de fechamento de ano, divulgou dados curiosos sobre a audiência de seus conteúdos no Brasil. Um deles é que a busca por “filmes tristes” no mês de abril subiu 70%, comparando a março – num claro efeito da pandemia. A disparada foi à época de “O Milagre na Cela 7”, que ficou 23 dias no Top 10 do País. Ainda nessa linha “filme triste”, “Se Algo Acontecer… Te Amo” e “Por Lugares Incríveis” também estão entre as produções mais escolhidas pelos brasileiros neste ano.

Mas nem só de tristeza vivemos. As comédias românticas, claro, foram bem e cresceram o dobro em acessos, em relação a 2019. “A Barraca do Beijo 2”, “Para Todos os Garotos: P.S. Ainda Amo Você”, “Amor Garantido” e o filme original brasileiro “Ricos de Amor” figuram no topo dos mais populares.

Os realities shows também bombaram: o número de visualizações dobrou, comparando com o ano passado. “Brincando com Fogo”, “Jogo da Lava”, “Casamento às Cegas” e “The Circle Brasil” foram os mais vistos.

Igualmente em dobro foi o consumo de animes. No topo dos favoritos: “Pokémon: Mewtwo Contra-Ataca – Evolução”, “One Piece”, “The Seven Deadly Sins: A Ira Imperial dos Deuses” e “O Sangue de Zeus”.

Produções de outros países que não EUA nem europeus fizeram mais sucesso. O turco “O Último Guardião” causou o dobro de visualizações de conteúdos turcos na Netflix, comparando a 2019. O mexicano “Desejo Sombrio” também foi muito bem, obrigado.

Para além de “filmes tristes”, outras palavras muito buscadas ao longo do ano têm a ver com a gastronomia – com pico em março: “cozinha”, “receitas”, “chef” e “comida”. Esse público assistiu bastante a “Sugar Rush”, “Mandou Bem” e “Crazy Delicious”.

Compartilhe
Publicado por
Romero Rafael

Comentários