TRETAS E FICADAS

MC Rebecca revela que já ficou com Anitta e que não fala com a “madrinha” Ludmilla: “Tudo que eu sou devo a ela”

Publicado em Famosos 7/12/2020 às 15:56
MC Rebecca revela que já ficou com Anitta e que não fala com a “madrinha” Ludmilla: “Tudo que eu sou devo a ela”

MC Rebecca - Foto: Rodolfo Magalhães / reprodução

MC Rebecca revelou, em entrevista ao O Globo, que já ficou com Anitta, no passado. Ambas consideram-se bissexuais. “Porém, não aconteceu nada além do beijo. Hoje, ela é quase uma irmã para mim”, disse a MC, que ficou mais conhecida após participar de “Combatchy”, música gravada por Anitta junto com ela, Lexa e Luisa Sonza.

Na reportagem, inclusive, Anitta exalta MC Rebecca: “É uma mulher forte, independente e muito talentosa. A nossa amizade só cresce. Espero trabalhar mais com ela. Vejo na Rebecca um potencial enorme e sei que só vimos o início do que ela tem para mostrar”.

A funkeira – que recentemente lançou a música “A Coisa Tá Preta”, com a participação de Elza Soares de que ela se orgulha muito – contou que desde sempre se entende bissexual. “Sempre gostei de meninos e meninas. Na infância, dei o primeiro beijo numa garota no banheiro da escola. Sou livre, independente e faço o que bem quiser. É tudo muito natural. Aos 17 anos, contei para minha família e foi a maior polêmica”, diz ela, que tem uma filha de três anos, Morena, e namora o empresário Lucas Godinho.

LEIA TAMBÉM:

“Fiquei com rejeição sexual em relação à figura dos homens”, diz Caetano Veloso, que rejeita ser rotulado como bissexual

E a ‘madrinha’, Ludmilla?

A primeira música gravada por MC Rebecca foi o funk proibidão “Cai de Boca”, sobre sexo oral, composto por Ludmilla. À época, Rebecca já queria cantar e Suellen, com quem ela era casada e que era amiga de Ludmilla, pediu à compositora que sua então mulher gravasse. Hoje, no entanto, as duas não têm contato. “Não nos falamos mais, porém tenho carinho e respeito pela Lud. Tudo que eu sou devo a ela. Não houve uma discussão ou qualquer tipo de briga. Nunca entendi a razão de nosso afastamento.”

Compartilhe
Publicado por
Romero Rafael

Comentários