Ana Maria Braga fala sobre o caso João Alberto e cobra responsabilidade

Ana Maria Braga fala sobre o caso João Alberto e cobra responsabilidade

Ana Maria Braga no 'Mais Você' (Foto: Reprodução/Internet/TV Globo)

Publicado em Notas 22/11/2020 às 8:09

Ana Maria Braga, que já foi garota propaganda do Carrefour, foi mais uma famosa a se manifestar sobre o brutal assassinato de João Alberto Silveira Freitas, homem negro espancado até a morte por dois brancos, seguranças do supermercado em Porto Alegre . Na tarde deste sábado (21), a apresentadora usou seu Twitter para falar sobre o assunto e também cobrar a responsabilidade da rede de varejo sobre este e outros episódios.

Ana Maria Braga rebate comentário de Bolsonaro, ao vivo, no ‘Mais Você’: ”País de guerreiros”

João Alberto teve a vida abreviada pelo racismo. Há mais de 10 anos não sou garota propaganda, mas entendo a minha responsabilidade como comunicadora de me posicionar para que o Carrefour assuma a responsabilidade por (mais esse) crime. Justiça para João Alberto”, escreveu Ana Maria.

Sobre “(mais esse) crime”, é possível concluir que Braga fez referência a acontecimentos como o do envenenamento da cadela Manchinha, também agredida com uma barra de alumínio, na filial do Carrefour em Osasco, São Paulo, há dois anos. Ou de Moisés Santos, representante de vendas que morreu dentro de uma unidade aqui no Recife, Pernambuco, após um mal súbito e teve o corpo coberto por guarda-sóis para que a loja continuasse operando, em agosto último.

Ana Maria Braga apresenta ‘Mais Você’ com o Louro José no colo: “Matar minha saudade”

O tweet de Ana Maria Braga veio após a polêmica edição de sexta-feira (20), Dia da Consciência Negra, do Mais Você. “A gente não precisa de um dia da consciência negra, branca, parda, amarela, albina. A gente precisa de 365 dias de consciência humana, declarou ela, atribuindo a citação de Thiago Saraiva e complementando com “assino embaixo com todo o coração”, disse ela na ocasião.

Compartilhe
Publicado por
Anneliese Pires

Comentários