Zezé Motta sobre ataques racistas na novela

Publicado em Notas 21/11/2020 às 12:12
Zezé Motta sobre ataques racistas na novela

Zezé Motta - Foto: reprodução do Instagram

No Dia da Consciência Negra, Zezé Motta destacou que já foi vítima do racismo, na novela “Corpo a Corpo”, de 1984, em que fez par romântico com o ator Marcos Paulo. Segundo a atriz e cantora, o casal multirracial não foi bem aceito pelo público. “Foi feito uma pesquisa sobre o que as pessoas achavam desse casal e todos nós ficamos muito chocados com certas reações”, disse Zezé no “Conversa com Bial” desta madrugada.

Leia mais:
Zezé lembra: “Queria ser aceita”

Ela recordou: “Teve um senhor que falou que não acreditava que o Marcos Paulo estivesse precisando tanto de dinheiro para passar pela humilhação de ter que beijar uma mulher negra, feia e horrorosa como eu na boca. Outro disse que se fosse obrigado a beijar aquela mulher por uma questão de trabalho, ele lavaria a boca com água sanitária quando chegasse em casa. Foram coisas muito violentas mesmo”, afirmou a atriz de 76 anos.

No folhetim escrito por Gilberto Braga, Zezé interpretava Sônia, uma paisagista negra que tinha que lidar com o preconceito da família de Cláudio (Marcos Paulo) que era contra o relacionamento dos dois.

Compartilhe
Publicado por
Mirella Martins

Comentários