MODA

Governo do Estado lança portaria para Loja de Moda Autoral de Pernambuco (Mape)

Publicado em Notas 18/11/2020 às 17:07
Governo do Estado lança portaria para Loja de Moda Autoral de Pernambuco (Mape)

Centro de Artesanato de Pernambuco/Foto: Divulgação

Estilistas pernambucanos ou radicados no Estado interessados em comercializar suas peças no Mape – primeira grande iniciativa do setor da moda autoral em Pernambuco – já podem se inscrever para participar.

O Governo de Pernambuco, por meio da Diretoria de Promoção da Economia Criativa, da Agência de Desenvolvimento Econômico de Pernambuco, (AD Diper), lançou na última sexta-feira, 13 de novembro, portaria que marca o início das inscrições para estilistas, designers e criativos pernambucanos ou radicados no Estado que queiram comercializar suas produções, roupas ou acessórios, na Loja de Moda Autoral de Pernambuco (Mape), primeira referência de política pública na comercialização coletiva de moda com identidade pernambucana.

O espaço de moda autoral de Pernambuco, com 670m², no Armazém 11, colado ao Centro de Artesanato de Pernambuco, no Marco Zero, funcionará em formato de loja colaborativa, com nichos individuais; e espera abrigar mais de 100 marcas de criativos pernambucanos. “A principal função é fortalecer, aprimorar, promover, de maneira potente, a cadeia produtiva do setor em nosso Estado, oportunizando a comercializando dos produtos de moda autoral de designers e criativos do nosso Estado”, explica a diretora de Promoção da Economia Criativa, Márcia Souto.

Para se inscrever, os estilistas e criativos precisam acessar o documento, disponível no site da AD Diper, (www.addiper.pe.gov.br),onde constam todas as informações necessárias. O documento e os anexos devem ser preenchidos e enviados para o e-mail mape@modaautoral.pe.gov.br.

Os inscritos passarão por uma curadoria permanente formada por representantes da sociedade civil, Governo do Estado e instituições representativas da cadeia produtiva da moda no Estado.

Dentro do projeto, caberá ainda, além da comercialização no espaço, a realização de encontros roda de conversa, lançamentos, exposições e troca de experiências, com objetivo de aprimorar conhecimentos e despertar nos profissionais e estudantes de moda, o desejo de empreender e a conscientização da importância do design e originalidade de referência do patrimônio cultural pernambucano.

O mezanino da Mape contará com um estúdio de fotografia, que será utilizado também para que os estilistas possam gerar conteúdo para divulgação de suas marcas.

A Mape também funcionará em parceria com o Marco Pernambucano da Moda, iniciativa ligada a Secretaria de Desenvolvimento Econômico de Pernambuco, que funciona no Centro Cultural Mercado Eufrásio Barbosa. E trata-se de um espaço para quem faz, cria, pensa, respira a moda. E tem como função a difusão de técnicas e ferramentas de gestão, inovação, design e empreendedorismo para formação e qualificação de empresas e profissionais do setor.

Os expositores do espaço de moda autoral serão acompanhados e avaliados constantemente para que, quando necessário, sejam encaminhados para aprimoramento em consultorias, capacitação e suporte de inteligência mercadológica. “A Mape proporcionará às marcas e criativos que produzem moda autoral em Pernambuco, a divulgação e comercialização de seus produtos, que são criados e produzidos com a utilização de saberes e recursos locais.Hoje o consumidor de moda, quer fugir de uma estética padronizada, e a moda autoral prioriza experimentações quanto a formas, materiais e texturas, oferecendo um produto diferenciado e autêntico. Além, é claro, da propagação da nossa cultura e principalmente na geração de novos empregos e renda”, completa a coordenadora da Loja de Moda Autoral de Pernambuco, Tatiana Henry.

Compartilhe
Publicado por
Anneliese Pires

Comentários