CONTEÚDO

Felipe Neto é indiciado por corrupção de menores e rebate: “Denúncias caluniosas”

Felipe Neto é indiciado por corrupção de menores e rebate: “Denúncias caluniosas”

Felipe Neto (Foto: Reprodução/Instagram)

Publicado em Famosos 9/11/2020 às 8:00

Mais um processo judicial para o youtuber Felipe Neto. Dessa vez, ele foi indiciado pelo crime de corrupção de menores pelo delegado Pablo da Costa Castori. O profissional faz parte da Delegacia de Repressão aos Crimes de Informática, no Rio de Janeiro.

LEIA TAMBÉM: Anne Hathaway se desculpa por representação de deficiência no filme ‘Convenção das Bruxas’

De acordo com o delegado, há cerca de um mês ele recebeu uma denúncia envolvendo o nome de Felipe Neto. O ofício do Ministério Público pedia uma investigação do youtuber, alegando publicações impróprias para menores.

“De 2017, até posteriormente ele fez assinatura de livros, vídeos no YouTube outros materiais; que eram direcionados para criança, com material inadequado para menores. Então, isso me pareceu, sim, estar configurado artigo 244 do ECA”, declarou Pablo da Costa.

Felipe Neto, por sua vez, nega as acusações. Intimado, a defesa do youtuber afirmou que ele não queria ser ouvido e protocolou uma petição. Assim, ele não se torna obrigado a prestar depoimento.

Nas redes sociais, Neto publicou uma nota assinada pela sua assessoria. Ele afirma estar sendo vítima de uma campanha difamatória; baseada em “denúncias caluniosas feitas pela articulação do ódio bolsonarista”.

“O Youtuber permanece absolutamente convicto e tranquilo de que nunca praticou crime algum; e reitera que todo o ocorrido ainda será analisado por um promotor de Justiça”. De acordo com o Jornal Extra, a denúncia foi feita de forma anônima por alguém em Brasília.

Compartilhe
Comentários