REDE SOCIAL

Instagram anuncia mudanças e libera fotos de seios femininos após protestos. Entenda

Instagram anuncia mudanças e libera fotos de seios femininos após protestos. Entenda

A modelo Nyome Nicholas foi uma das vozes do movimento (Foto: Alexandra Cameron)

Publicado em internet 28/10/2020 às 10:48

O Instagram mudou. Agora, a rede social põe em prática as mudanças adotadas na política de nudez em relação ao seio feminino. Até então, várias usuárias se queixavam de censura ou fotos tiradas do ar quando a mama aparecia.

LEIA TAMBÉM: Recifense, Diva Menner se torna a 1ª trans selecionada do The Voice Brasil

Agora, os seios femininos serão permitidos em três ocasiões: quando a pessoa estiver abraçando, segurando ou acariando as mamas. Em um comunicado divulgado pelo Instagram, as publicações que causarem dúvida sobre o conteúdo serão revisadas.

“Estamos comprometidos em fazer a coisa certa e continuaremos a trabalhar com especialistas; e com os membros da nossa comunidade para seguirmos melhorando”, consta a nota.

Todo esse movimento a favor de quebrar o tabu em relação à mama feminina teve um ponto de partida. E esse ponto se chama Nyome Nicholas-Williams, uma modelo britânica que defende a moda inclusiva. Tudo começou quando, ainda em junho, ela publicou um clique em que segurava os seios, que estavam parcialmente cobertos.

A foto, contudo, foi removida por supostamente infringir as regras de nudez do Instagram. “Milhões de fotos de mulheres brancas e magras nuas podem ser encontradas no Instagram todos os dias; mas uma negra gorda celebrando seu corpo está proibida? Foi chocante para mim. Eu sinto que estou sendo silenciada”, protestou. E assim nasceu a hashtag #IWantToSeeNyome, que pedia o fim da censura contra mulheres negras gordas.

LEIA TAMBÉM: Kylie Jenner perde o posto de celebridade mais bem paga do Instagram. Saiba quem assumiu a posição

https://www.instagram.com/p/CG46viRgh3x/
Compartilhe
Comentários