REVELAÇÃO

Primo diz que Michelle Bolsonaro não ajudou avó e diz que tem “muitas coisas a falar” sobre ela

Publicado em Notas 13/08/2020 às 14:53
Primo diz que Michelle Bolsonaro não ajudou avó e diz que tem “muitas coisas a falar” sobre ela

O youtuber Eduardo D’Castro, primo de Michelle Bolsonaro, desabafou sobre a relação da primeira-dama com a avó, falecida nesta semana vítima de Covid-19. Ele conta que a mulher do presidente da Republica “não fez nada” para ajudar Maria Aparecida Firmo Ferreira, de 80,anos. Em uma série de postagens no stories do Instagram na quarta-feira (12) à noite, o youtuber acusou Michelle Bolsonaro de ter “virado as costas” para a família e disse que tem “muitas coisas a falar” sobre a prima que estão guardadas há anos.

Cachorro adotado por família Bolsonaro viraliza, mas precisa ser devolvido para outra família

“Obrigado por você não ter feito absolutamente nada por nossa avó. Tanto poder, tanta influência e, por vergonha, não ajudou seu próprio sangue”, disse Eduardo D’Castro. Na mesma publicação ele ainda contou que Michelle Bolsonaro virou as costas para a família. “Triste ver quem você se tornou. Não reconhecemos mais você.”

Em seguida, o youtuber compartilhou um print de mensagens que teria recebido do perfil oficial de Michelle Bolsonaro no Instagram. “Vou te processar por essa postagem”, diz uma mensagem. “Deixa de ser cretino. Você não é o rico da internet? Cuidado com as suas postagens, seu moleque. Você nem gostava da vó, seu falso”, dizem as mensagens na sequência.

Nos stories seguintes, D’Castro publicou uma série de vídeos com a sua versão sobre o desentendimento com a primeira-dama. Ele começa os vídeos afirmando que Michelle é “a pessoa mais ingrata que conheceu na vida”. Sobre a ameaça de processo, ele disse não ter medo das consequências e afirmou que não mentiu em nenhum momento. “Se ela quer me processar, processa. A gente da família sempre defendeu muito ela, sempre teve um carinho muito grande por ela, mas o poder sobe à cabeça das pessoas. Ela se tornou uma pessoa que ninguém reconhece mais”, declarou. Em seguida, ele afirma que tem várias revelações a fazer sobre a primeira-dama e que não guardará mais segredo. Tenho muitas coisas para falar, muitas coisas que a gente guardou por anos, anos, para defender o nome dela e a posição dela. Então ela pode me xingar, ela pode gritar, espernear, falar o que quiser, mentir sobre meu nome, eu não me importo”, disse.


Leandra Leal causa polêmia ao sugerir eliminar “Bolsonaro, racismo ou coronavírus”

Por meio de uma nota divulgada na manhã de hoje, a Secretaria de Comunicação Social da Presidência da República, afirmou que a primeira-dama recebeu com pesar a notícia sobre a morte da avó e que lamenta que alguns parentes tratem o momento de dor com “oportunismo”. Michelle também teve diagnóstico positivo para covid-19 e está se recuperando. “Ela sente e afirma que é um momento de tristeza e dor para toda a família. A senhora Michelle Bolsonaro lamenta que alguns parentes tratem certos momentos tão pessoais com oportunismo em desrespeito ao sofrimento de todos. A primeira-dama permanece recolhida em casa em tratamento contra o novo coronavírus e espera que o momento de luto seja respeitado, acima de quaisquer questões pessoais e familiares”, diz a nota da Secom

Compartilhe
Publicado por
Anneliese Pires

Comentários