COM DJS

Festa dos “ursos”, Bear Celebration faz edição online

Publicado em Festas 6/08/2020 às 13:59
Festa dos “ursos”, Bear Celebration faz edição online

DJ Miltexx é uma das atrações da festa - Foto: Divulgação

A festa Bear Celebration, que desde 2015 reunia “ursos” (entenda no parágrafo abaixo) mensalmente, fará uma edição online, nesta sexta-feira (7), a partir das 22h, pela plataforma de videoconferência Zoom. Quem realiza é o idealizador do selo, o jornalista Fred Queiroz, junto com Adriana Pax, Jean Falcão e Eudes Ciriano, o DJ Incidental, que está no line-up. Além dele, também vão tocar os DJs Markyloire (PE), Kilder Dantas (PB) e Miltexx (MA).

Ainda na programação da Bear Celebration online, haverá a participação de nomes conhecidos da comunidade ursina, como Beto Jesus, diretor da Aids Healthcare Foundation (AHF) Brasil, organização que trabalha pela prevenção, diagnóstico e tratamento de HIV/Aids; além do cantor sertanejo Walber Guimarães (SP) e dos DJs Earl Oliveira (Bigger – SP) e Bispo (Ursound e Brutus – SP).

Como ir à festa

Os ingressos para a Bear Celebration são adquiridos pela Sympla – através da plataforma a pessoa recebe o link de acesso à festa. Custa R$ 20 e também haverá ingressos gratuitos, mas limitados, com 24h de antecedência. Segundo Fred Queiroz, a renda arrecadada será repartida entre os profissionais envolvidos. Também foram criados uma vakinha online e canal de doação pelo PicPay. Vale reforçar que o setor de eventos é um dos que mais sofre com a crise gerada pela pandemia do novo coronavírus.

Quem são esses ursos?

Dentro do arco-íris de identidades de gênero, sexualidades e culturas que compõem a sigla LGBTQIA+, precisamente entre os gays, os ursos formam um tipo de comunidade de homens que se reconhecem, sobretudo, por características físicas. Apesar de, mesmo dentro da comunidade ursina, como é chamada, haver classificações que contemplam os diferentes perfis de pessoas que com ela se identificam, em geral, são comuns a todos o apreço por barbas, corpos peludos e uma aparência de virilidade, como são os lenhadores. A maioria curte homens grandes, gordos e/ou parrudos, piercings e tatuagens.

LEIA TAMBÉM:

Produtora audiovisual LGBT 7ª Arte do Vale lança o curta de terror “Ar”, baseado em medos durante o isolamento social

Compartilhe
Publicado por
Romero Rafael

Comentários