Live de grupo de pagode é interrompida por tiroteio no Rio de Janeiro

Live de grupo de pagode é interrompida por tiroteio no Rio de Janeiro

Live do grupo Aglomerou teve tiroteio transmitido para o público (Foto: Reprodução/Youtube)

Publicado em Vídeos 27/07/2020 às 8:31

Na tarde do domingo, 26, um vídeo do grupo de pagode Aglomerou viralizou nas redes sociais. Em um trecho, os cantores e músicos do grupo precisaram interromper a live que faziam por conta de um tiroteio.

LEIA TAMBÉM: Anitta critica Jair Bolsonaro em live: “Governa para os que pensam como ele”

O show ao vivo acontecia em uma casa em Angra dos Reis, no Rio de Janeiro. Na gravação, os músicos Diego, João Victor Burno, Dener e Ronan estão se apresentando quando tiros começam a ser ouvidos. Pouco tempo depois, policiais civis invadem a casa onde a live está sendo feita. Os membros do grupo saem rapidamente do gramado e procuram abrigo. Isso tudo enquanto o público assiste a live.

LEIA TAMBÉM: Constrangimento: nariz de cantor do Pixote escorre secreção durante ao vivo com Fátima Bernardes

Ainda no domingo, o perfil oficial do grupo Aglomerou se manifestou nas redes sociais. Em vídeo, os música tranquilizaram os fãs e informaram que estão todos bem. “Está acontecendo uma operação policial em uma casa bem próxima aqui do espaço. Então, ocorreu esse fato, mas está todo mundo bem”, afirmou o vocalista. “Não tem problema nenhum com quem estava aqui dentro da live.”

Segundo o grupo de pagode, outra live será remarcada posteriormente. Eles alegam que ainda estão “sem clima” para realizar mais um show.

LEIA TAMBÉM: #FicaemCasa: confira a programação de lives

Compartilhe
Comentários