JUSTIÇA

Justiça dá 24h para Antônia Fontenelle apagar posts que associava Felipe e Luccas neto à pedofilia

Justiça dá 24h para Antônia Fontenelle apagar posts que associava Felipe e Luccas neto à pedofilia
Publicado em Notas 29/06/2020 às 5:07

A Justiça do Rio de Janeiro decidiu a favor dos irmãos Felipe e Luccas Neto, nesta segunda-feira (29), em processo movido contra Antônia Fontenelle. A apresentadora tem 24 horas para apagar todos os posts em que associava os irmãos à pedofilia. A determinação, assinada pelo juiz Marcelo Nobre de Almeida, da 7ª Vara Cível do Rio de Janeiro, também deferiu uma multa de R$ 7 mil contra Antônia , que já apagou os posts.

Famosos apoiam Luccas e Felipe Neto em briga judicial com Antônia Fontenelle

O advogado dos irmãos  pediu o indiciamento por crimes contra a honra e alegou que os vídeos e declarações feitas por Fontenelle “foram criminosamente modificados e retirados do contexto, tratando-se de uma montagem com o intuito de lhes atribuir a incitação e práticas de pedofilia”.

O caso aconteceu no dia 15 de junho, quando a apresentadora publicou um vídeo editado com diversas frases sobre sexo dita por alguns youtubers, entre eles Felipe e Luccas Neto . “Podemos chamar esse vídeo de incitação à pedofilia a olhos nus?”, questionava ela.

Além disso, Felipe Neto e seu irmão pediram R$ 100 mil de indenização para um e uma retratação. A Justiça autorizou a liminar para a retirada do post em 19 de junho. Fontenelle entrou com recurso, que foi negado nesta segunda-feira (29).

Leia também:
Ex-BBB Ivy Moraes quebra quarentena para ir a festa clandestina em Goiás
Mayra Cardi teria contado à família de Arthur Aguiar que ele bancou mulher e apartamento com dinheiro dela

Compartilhe
Publicado por
Anneliese Pires

Comentários