EITA

Assessoria de Ivy Moraes diz que ela não sabia da festa a que foi, em plena pandemia, e não teria demorado

Assessoria de Ivy Moraes diz que ela não sabia da festa a que foi, em plena pandemia, e não teria demorado

A ex-BBB Ivy Moraes ao lado da Miss Ponta Grossa 2018 e da também ex-BBB Anamara - Foto: reprodução

Publicado em Notas 29/06/2020 às 2:46

Repercute nas redes uma foto em que aparecem a ex-“BBB 20” Ivy Moraes, a ex-miss Aline Machado e a também ex-BBB Anamara numa festa com bastante gente, em Caldas Novas (GO). E não é para menos: em plena pandemia do novo coronavírus (veja os dados atuais ao fim do post), as pessoas estão aglomeradas e sem usar máscara (quem sabe para não prejudicar o look). Bruno, da dupla com Marrone foi a atração.

Por causa das críticas, a assessoria da ex-BBB Ivy Moraes enviou um comunicado ao site Famosando, fazendo a defesa dela. “Ivy Moraes esteve na cidade de Caldas Novas (GO) para fazer uma campanha publicitária. Quando terminaram a sessão de fotos foram convidados para irem na casa de um conhecido do empresário da ex-sister. Quando chegarem na casa e perceberam que era uma festa, tanto ela quanto o empresário ficaram constrangidos e saíram rapidamente, permanecendo no local por pouquíssimo tempo.”

A propósito, já é a segunda vez em que Ivy Moraes é vista em certa aglomeração durante a pandemia. Na outra, num encontro menor, na casa de alguém em Goiânia, ela esteve com o ator Henri Castelli, que viajara do Rio para a ocasião, entre outras pessoas. Era uma reunião de amigos que não moram juntos.

Festa virou caso de polícia

Sobre a festa em Caldas Novas, a polícia foi chamada, devido ao decreto municipal proibindo aglomerações, e interrompeu a festa, dispersando os convidados. A Secretaria de Meio Ambiente da cidade foi ao local e fez um auto de infração contra o dono do evento por desobediência aos decretos municipais. A multa pode chegar a mais de R$ 30 mil. Uma audiência na Justiça foi marcado para sexta-feira (3).

Números do coronavírus

O consórcio de veículos de imprensa, com dados fornecidos pelas secretarias estaduais de Saúde, em boletim de domingo (28), divulgaram o total de mais de 57 mil mortes no Brasil por covid-19, a doença infecciosa causada pelo novo coronavírus. A quantidade de casos é assombrosa: mais de 1,3 milhão. Só reforçam a necessidade de, quem puder, continuar em isolamento. E alertam para os cuidados básicos: como não aglomerar e usar máscara.

Compartilhe
Tags:
Publicado por
Romero Rafael

Comentários