NOVO PROJETO

Adriana Araújo deixa “Jornal da Record”

Publicado em TV 19/06/2020 às 16:39
Adriana Araújo deixa “Jornal da Record”

Adriana Araújo - Foto: reprodução de @adrianaaraujo

A jornalista Adriana Araújo, que apresentou o “Jornal da Record” entre 2006 e 2009, tendo retornado em 2013, se despede da bancada do telejornal nesta sexta (19). Em seu lugar, na segunda-feira (22), assume a jornalista Christina Lemos, que há 25 anos trabalha no Grupo Record. Adriana vai para outro projeto, a nova temporada do “Repórter Record Investigação”, que deve estrear em julho, de acordo com informação do colunista de TV Flávio Ricco, do portal R7.

LEIA TAMBÉM: Carolina Ferraz é contratada pela Record

Motivo

A saída de Adriana Araújo tem sido interpretada como a solução para um mal-estar da jornalista com a linha editorial do “Jornal da Record”, pró-governo Bolsonaro. No fim de abril, o colunista Flávio Ricco – à época no portal UOL – deu a notícia de que Adriana deixara a edição do telejornal do dia 21 chorando. A jornalista – que ficou ausente da bancada nos dois dias seguintes, 22 e 23 – chegou a publicar o seguinte, em rede social: “Pausa estratégica para refletir. Apenas uma paradinha para pensar”.

O site Notícias da TV, também à época, disse que o choro foi por causa da linha editorial, que se esforçava para amenizar o noticiário referente à pandemia, mas também por questões pessoais. Citou a filha de Adriana Araújo, que nasceu com uma rara síndrome ortopédica e estuda medicina na UFSP; a pandemia, que tem exigido demais e vitimado profissionais de saúde, estaria preocupando a jornalista.

Adriana Araújo chegou a postar no Instagram uma foto de 2015, em que revela o problema de saúde da filha, com a legenda: “Não deturpem o meu choro, por favor”.

Compartilhe
Publicado por
Romero Rafael

Comentários