Bruno Gagliasso diz que foi ‘tratado como bandido’ por policiais em blitz

Publicado em Notas 22/05/2020 às 9:34
Bruno Gagliasso diz que foi ‘tratado como bandido’ por policiais em blitz

O ator Bruno Gagliasso (Foto: Reprodução/Instagram)

Bruno Gagliasso publicou, em seu Twitter, um desabafo sobre um episódio de hostilidade que sofreu da polícia por conta de seu posicionamento político. Tanto ele quanto a mulher, Giovanna Ewbank, são críticos ao governo de Jair Bolsonaro.

O ator detalhou que o fato aconteceu em uma estrada, quando seu carro foi parado em uma blitz. “Meu carro com a minha família foi parado pela polícia na estrada de Búzios e trataram a gente como bandido. ‘Os lacradores devem estar cheios de drogas no porta-malas”, disse o ator em seu relato. “Tinha brinquedo da minha filha e roupa da minha família”, explicou.

Gagliasso também contou que, em 2018, Giovanna pediu que ele não falasse sobre política em suas redes sociais por temer retaliações. “Durante meses, a Giovanna implorava para eu não falar nada sobre política porque ela não aguentava mais os ataques dessa gente imunda. E, agora, eles estão no poder”, lamentou.

O ator ainda contou que é constantemente vítima de fake news. “Recebi um e-mail de uma senhora que era minha fã há anos pedindo que deixasse de apoiar a pedofilia”, disse. “Passamos meses tentando entender o que estava acontecendo, sendo difamados. Postaram fotos minhas com meu amigo de mais 18 anos dizendo que ele era meu namorado e a Gio era ‘fachada’ para esconder a pederastia”, revelou. Pouco tempo depois, ele se desculpou pelo desabafo. “Desculpem. Fiquei com muita raiva de ver um veículo oficial postando mentira assim”…. –

Leia também:
“Escolhas são individuais”, diz Gabriela Duarte após saída de Regina da Secretaria da Cultura
Maisa completa 18 anos e comemora com uma série de palavrões no Twitter: “Tava entalado”

Compartilhe
Publicado por
Anneliese Pires

Comentários