REPERCUSSÃO

“Você não tem humanidade?”: Artistas criticam Regina Duarte após entrevista à CNN Brasil

“Você não tem humanidade?”: Artistas criticam Regina Duarte após entrevista à CNN Brasil

Artistas se manifestam contra Regina Duarte (Foto: Reprodução/Instagram/Twitter)

Publicado em Famosos Política 8/05/2020 às 8:52

Não só os anônimos teceram duras críticas a Regina Duarte após a polêmica entrevista ao canal CNN Brasil na última quinta, 7. A secretária de Cultura do governo Bolsonaro causou após relativizar temas sérios como o período da Ditadura Militar.

LEIA TAMBÉM: Danilo Gentili compara Bolsonaro a Satanás e gera polêmica

Colegas de profissão da atriz, como Bruno Gagliasso, Tonico Pereira, Walcyr Carrasco e até mesmo Anitta se manifestaram na web.

Bruno Gagliasso

No Instagram, o ator repostou o vídeo da entrevista de Regina Duarte alegando que “não dá pra desculpar” pelas suas falas.

“Não dá pra desculpar o seu deboche com torturados pelo Estado, sua naturalização da barbárie. (…) Não dá pra desculpar seu silêncio, sua falta de projetos, a forma como você trata os trabalhadores do audiovisual”.

Bruno Gagliasso ainda chamou Regina Duarte e o governo vigente de pertencentes a uma “ideologia monstruosa”. “Não dá pra te desculpar, Regina”, finalizou.

Walcyr Carrasco

O ex-amigo da atriz também publicou um desabafo sobre a secretária de Cultura. No Instagram, ele se diz chocado com a postura de Regina Duarte. “O que aconteceu com você?”, questiona.

Anitta

Na mesma rede social, a cantora Anitta se mostrou extremamente crítica às atitudes de Regina Duarte. Em um comentário no perfil da atriz, a empresária fez um longo comentário sobre a situação do Brasil e sua gestão.

LEIA TAMBÉM: Marisa Monte e outros artistas pedem que medida provisória saia das mãos do deputado Felipe Carreras

“Se recusar a ouvir uma opinião contrária logo depois de enaltecer os tempos da ditadura me causa muito medo. Até porque eu e muitos dos meus amigos seríamos os primeiros censurados caso esse regime voltasse (…). Gostaria de dizer que a cultura no Brasil vai muito além do ballet clássico, das orquestras sinfônicas e dos livros de poesia (…). Governar apenas para os que te causam afeição não é governar para o povo.”

Imagem

Tonico Pereira

Tonico Pereira, em um vídeo publicado no Instagram, alegou que a fala de Regina Duarte o surpreendeu. “Foi muito pior do que eu pensava”, confessou o ator, não conseguindo segurar as lágrimas.

View this post on Instagram

PIOR DO QUE EU PENSAVA

A post shared by Tonico Pereira (@tonico.pereira) on

Outros artistas

O cantor Lobão, uma das figuras mais controversas em relação a posicionamentos políticos, também se manifestou. “Asqueroso. A cultura não tem a menor chance nesse cenário terrível”, tuitou o artista. Além dele, o marido de Deborah Secco, o ator Hugo Moura, também escreveu sobre o caso. “Regina Duarte pegou o Bolsovirus. Atacar a imprensa, passar pano pra tortura e ser desvairada são sintomas muito claros”.

LEIA TAMBÉM: Jair Bolsonaro é xingado de ‘burro’ em série mexicana da Netflix

Engajado em comentários políticos, Felipe Neto repostou um trecho da entrevista em seu Twitter. “Cuidado ao assistir. A vontade de vomitar vai ser grande”, alertou aos seguidores. Já José de Abreu, ator que frequentemente critica Regina Duarte, foi mais ‘simples’ em sua crítica. “Viram quem é a namoradinha fascista do Brasil? De nada”.

Enquanto isso, no perfil da secretária de Cultura, amigos e anônimos comentavam em desaprovação ao seu posicionamento. Debora Bloch escreveu: “Você não tem humanidade, Regina Duarte? Que vergonha! Que horror! Que triste…”

O humorista Paulo Vieira fez uma analogia, alegando que a ex-global está “completamente drogada de fascismo“. Armando Babaioff, por sua vez, disse ter”perdido o respeito” por Regina Duarte.

Alessandra Negrini, Miguel Falabella, Virginia Cavendish, Linn da Quebrada foram outros nomes a aparecer nos comentários. “Fim do mundo! O que é isso?”, questionou Luisa Arraes. “Que laia de ser humano?! Podridão do ser”, classificou Dira Paes.

Confira as críticas na íntegra

Compartilhe
Comentários