EM STAND-BY

BBB20: Pyong Lee foi intimado pela Justiça por assédio, mas só vai depor depois da pandemia do coronavírus

BBB20: Pyong Lee foi intimado pela Justiça por assédio, mas só vai depor depois da pandemia do coronavírus

Pyong Lee no "BBB20" - Foto: TV Globo / reprodução

Publicado em BBB20 25/03/2020 às 2:27

Pyong Lee, o oitavo eliminado do “Big Brother Brasil 20”, já recebeu intimação da Delegacia Especial de Atendimento à Mulher de Jacarepaguá, no Rio de Janeiro, para depor sobre acusações que lhe pesam, de assédio às colegas de “BBB20” Flayslane e Marcela. À coluna de Patrícia Kogut, de O Globo, a delegada Catarina Noble disse que o depoimento será ouvido quando a pandemia do novo coronavírus passar. Pyong vive em São Paulo, com a mulher, Sammy Lee, e o filho recém-nascido, Jake.

Já fora do confinamento, Pyong Lee falou sobre o caso. Admitiu e diz que pediu desculpas e não repetiu mais. “Eu realmente passei do ponto. Abordei todas as pessoas que estavam envolvidas, quis ouvir a versão delas e pedi desculpas. Reconheci o erro e disse que não repetiria, o que aconteceu. Eu não repeti o erro e fiquei reflexivo por dias”, falou o hipnólogo.

O caso

Durante uma festa no “BBB20”, no dia 9 de fevereiro, Pyong Lee apalpou o bumbum de Flayslane e tentou beijar Marcela. No dia seguinte, a produção do programa chamou ao confessionário os três confinados, individualmente, para comentarem sobre o ocorrido. À época, a assessoria de imprensa da delegacia emitiu a seguinte nota à imprensa: “De acordo com informações da Delegacia Especial de Atendimento à Mulher, foi realizado um registro para apurar os fatos veiculados na mídia”.

LEIA TAMBÉM

BBB20: Daniel é eliminado com cerca de 80% dos votos e reação de Marcela vira meme

Vaza foto íntima de Hadson, ex-participante do BBB20

Compartilhe
Publicado por
Romero Rafael

Comentários