COMENTÁRIO

Rodrigo Bocardi é acusado de racismo durante edição do ‘Bom Dia São Paulo’

Publicado em Jornalismo TV 7/02/2020 às 8:54
Rodrigo Bocardi é acusado de racismo durante edição do ‘Bom Dia São Paulo’

Rodrigo Bocardi ironiza entrevistada no "Bom Dia São Paulo". Foto: Reprodução/Instagram

Durante a exibição do Bom Dia São Paulo dessa sexta, 7, a fala do apresentador, Rodrigo Bocardi, não pegou bem entre o público. Isso porque, durante uma externa, o repórter Tiago Scheuer entrevistou um jovem negro e ouviu uma pergunta um tanto tendenciosa.

LEIA MAIS: Gloria Vanique e Rodrigo Bocardi discutem ao vivo: “Que comentário machista”

A reportagem em questão abordava a dificuldade de locomoção dos moradores da zona leste de São Paulo. Em uma plataforma da estação da linha vermelha, Tiago Scheuer encontrou o jovem, chamado Lionel.

Esperando o trem, Lionel alegou que estava indo para um clube de classe alta, que o próprio Rodrigo Bocardi frequenta. O apresentador, por sua vez, questionou se o rapaz a ‘pegava bolinha de tênis’.

Enquanto isso, o repórter pareceu não entender a pergunta, quando Rodrigo Bocardi refez a pergunta. Ele queria saber se Lionel era o gandula do clube.

O jovem então respondeu que era atleta de pólo aquático. Nas imagens, Lionel aparece inclusive com o uniforme do time. Rodrigo Bocardi, dessa vez, o elogiou e deu os parabéns.

As reações, no entanto, não foram das melhores. “É impressionante a soberba do jornalista”, indignou-se um internauta. “Bola fora”, avaliou outro. “Pretos em espaço de rico sempre cumpre papel de subserviência?”, questionou outra jovem.

Rapidamente, ainda no ar do Bom Dia São Paulo, Rodrigo Bocardi chegou a corrigir sua fala. “Não existe preconceito, não existe racismo. Quem fala e quem escreve é que é [racista]”, analisou. Alegando que treina no mesmo clube, o jornalista disse que Lionel “poderia treinar no pólo aquático como treina em qualquer lugar”.

Compartilhe
Comentários