POLÊMICA

Thiago Martins é criticado ao falar sobre cotas raciais: “Eu sou contra”

Publicado em Famosos Notas 16/01/2020 às 15:34
Thiago Martins é criticado ao falar sobre cotas raciais: “Eu sou contra”

Thiago Martins /Foto: Reprodução/Instagram

Em entrevista ao youtuber Bruno Simone, Thiago Martins foi duramente criticado ao falar sobre cotas raciais. O ator não concordo com a reserva de vagas para determinados grupos, afirmando ainda que a cor da pele não muda o caráter ou a inteligência do indivíduo. “Eu sou contra e dói em mim. A cota é vergonhoso no país”, disparou ele.

No decorrer da conversa, Thiago falou que estamos vivendo uma época de ‘mimimi’. “O negro bem-sucedido no Brasil ou ele é jogador de futebol ou a música muda o caminho dele. O negro não tem espaço que nós brancos temos. Eu tenho muitos amigos negros e a gente conversa muito sobre isso”, começou Bruno.

“A cota me machuca, por exemplo, isso dói. Isso dói porque a cor da pele não muda nossa inteligência e nosso caráter, nós somos iguais. A única coisa que muda é nossa pele”, respondeu Thiago, que teve o apoio do apresentador. “Para quê existe cota para os negros?”, questionou o ator.

LEIA MAIS: Glamour Garcia afirma que teve um pedaço do dedo arrancado pelo ex-marido

“Não! Universidade e escola têm que ser para todo mundo. Emprego tem que ser pra todo mundo. A gente vê exemplos de negros bem-sucedidos pelo país, tanto na música, quanto no futebol, quanto sendo empresário, sendo advogado. Por que tiveram a chance e aproveitaram. Hoje eu aplaudo realmente os discursos”, concluiu Martins, que foi criticado por seguidores nos comentários.

“Estuda mais sobre o sistema de cotas. São mais de 300 anos de diferença. Cota é necessário sim. Estude mais um pouco, por favor, assim você fala com mais propriedade”, escreveu um usuário identificado como Joel Vasconcelos. Já Dú Quilombola ficou surpreso pelos comentários de Thiago. “Eu podia jurar que esse Thiago era esclarecido. Nossa, como as aparências enganam. Pronto, já criei ranço”, falou ele. E aí, qual sua opinião?

Compartilhe
Tags:
Publicado por
Igor Guaraná

Comentários