INCERTEZAS

Globo espera Luciano Huck se decidir sobre candidatura à Presidência para estrear, ou não, programa de Angélica

Globo espera Luciano Huck se decidir sobre candidatura à Presidência para estrear, ou não, programa de Angélica

Angélica e Luciano Huck estão casados desde 2004 e têm três filhos, Joaquim, Benício e Eva - Foto: reprodução de @angelicaksy

Publicado em TV 9/12/2019 às 6:41

A equipe que trabalha na produção do novo programa de Angélica na TV Globo, ainda sem data de estreia, aguarda que a emissora convoque para retomada dos trabalhos em janeiro, de acordo com informações da colunista de TV do jornal O Globo, Patrícia Kogut. Só depende de Luciano Huck, apresentador da emissora e marido de Angélica.

É que a Globo espera uma definição de Luciano Huck quanto à já muito ventilada possibilidade de ele se candidatar à Presidência da República, nas eleições de 2022. Se ele deixar para se lançar no final de 2020, como se tem cogitado, pois teria as eleições municipais como termômetro, aí, sim, a emissora trabalhará para estrear o programa de Angélica, que conseguiria fazer uma temporada até o anúncio político.

Angélica e Luciano Huck fora da Globo

A possível candidatura de Luciano Huck à Presidência da República é um assunto já sensível na TV Globo. Em setembro, depois de se reunir com nomes dos partidos PSDB, Dem e Cidadania, quando foi tocado sobre o desligamento dele junto à emissora, a empresa se pronunciou em nota, relembrando sua postura em 2018, quando Huck começou a flertar com o poder Executivo.

“Diante das especulações de que seria candidato [em 2018], a Globo o procurou para saber se de fato ele concorreria à Presidência e enfatizou que, se assim fosse, teria de se submeter às regras da emissora, segundo as quais a vida politico-partidária é incompatível com a permanência nos quadros da Globo, mesmo depois do processo eleitoral. Tais regras estão em vigor e são válidas para todos os talentos da emissora. E visam a resguardar a postura de completa isenção da Globo.”

Especula-se que, logicamente, a saída de Luciano Huck levará junto Angélica. Sobre a possibilidade de ela se tornar primeira-dama, aliás, disse numa entrevista à Marie Claire: “Não é um desejo meu. Seria uma honra? Claro. Mas nunca quis isso. No Brasil, em vez de a política ser algo do qual as pessoas se orgulham, dá medo”.

Angélica na Globo

Angélica está na geladeira da Globo desde abril de 2018, quando foi ao ar o último episódio de “Estrelas”, programa que ela comandou por 12 anos. Desde então, a apresentadora iniciou uma fase sabática, de descanso da televisão, depois de uma carreira iniciada ainda na infância. Tempo depois, começou a trabalhar na formulação da nova atração, ainda em suspense.

De acordo com Patrícia Kogut, Angélica já gravou um piloto (programa teste) e foi bem avaliada.

LEIA TAMBÉM: Sandra Annenberg estaria na mira da CNN Brasil, com torcida de Evaristo Costa, diz colunista

Compartilhe
Publicado por
Romero Rafael

Comentários