MEIO AMBIENTE

Após ser acusado de incendiar a Amazônia, Leonardo Dicaprio rebate Bolsonaro

Publicado em Famosos Meio Ambiente Política 2/12/2019 às 8:07
Após ser acusado de incendiar a Amazônia, Leonardo Dicaprio rebate Bolsonaro

O ator Leonardo DiCaprio é conhecido pelas suas causas ambientais (Foto: Reprodução/Instagram)

A notícia que Jair Bolsonaro acusou o ator Leonardo DiCaprio, sem provas, de financiar queimadas na Amazônia repercutiu o mundo. A declaração, dada na última quinta (28), já foi desmentida e rebatida pelo astro de ‘Titanic’.

LEIA MAIS: Leonardo DiCaprio aluga casa na Bahia

DiCaprio é conhecido por ser um grande defensor da natureza, e inclusive já posou com o mais novo nome dessa geração – Greta Thunberg. Em um comunicado, divulgado na sexta (29) pela Reuters e Associated Press, o galã negou que doou recursos para WWF-Brasil.

A instituição Brigada de Incêndio de Alter do Chão, que recebe apoio da WWF-Brasil, foi acusada de ser responsável pelas queimadas.

“Apesar de serem dignas de apoio, nós não financiamos as organizações mencionadas”, alegou Leonardo DiCaprio. Ele ainda elogiou o trabalho das instituições na preservação da Amazônia, e falou sobre a sua defesa pessoal com o meio ambiente.

“Sigo comprometido em apoiar as comunidades indígenas, governos locais, cientistas, educadores e o público geral que esteja trabalhando incansavelmente para garantir a Amazônia para o futuro de todos os brasileiros”.

Entenda o caso

Tudo começou quandos os incêndios quilométricos na Amazônia ganharam repercussão. Leonardo Dicaprio foi um dos famosos que prometeu doar R$ 5 milhões para combater a catástrofe.

Enquanto isso, Jair Bolsonaro argumentava que Organizações Não Governamentais, ONGs, poderiam ser as responsáveis pelas queimadas. Durante a fala do dia 28, inclusive, ele reiterou o discurso. “Uma ONG ali pagou R$ 70 mil por uma foto fabricada de queimada. O que é mais fácil? ‘Toca’ fogo no mato”.

“Tira foto, filma, manda para a ONG, a ONG divulga, entra em contato com o Leonardo DiCaprio e o Leonardo DiCaprio doa US$ 500 mil”.

Na sexta 29, o Presidente da República voltou a ‘alfinetar’ o ator. “Agora, o Leonardo DiCaprio é um cara legal, não é? Dando dinheiro para tacar fogo na Amazônia”.

Compartilhe
Comentários