PROJEÇÃO NACIONAL

Oito marcas autorais pernambucanas expõem no Minas Trend

Oito marcas autorais pernambucanas expõem no Minas Trend

Os criadores pernambucanos junto com a gestora de Economia Criativa do Sebrae-PE, Verônica Ribeiro, e Elaine Vasconcelos, do Sindijoias - Foto: Romero Rafael / Social1

Publicado em Moda 25/10/2019 às 1:42

BELO HORIZONTE – Pelo menos oito marcas autorais pernambucanas passaram a semana no Minas Trend ampliando seus horizontes para além da Terra dos Altos Coqueiros. Entre veteranos e estreantes, vieram para a capital mineira as marcas de acessórios Verde, Alexandra Valença, Maria Ribeiro, Studio Lama, Patrícia Moura Biojoias, Caju, Studio 122 e Sem Sarê, de Custódia, Sertão pernambucano. O espaço dedicado aos acessórios é promovido pelo Sindijoias, e a participação dos pernambucanos tem apoio do Sebrae-PE.

Alexandra Valença

Alexandra Valença mantém toda a sua produção sozinha – Foto: Romero Rafael / Social1

Com seis anos de criação de joias, sobretudo, em prata, a designer (curiosidade: sobrinha de Alceu Valença) expõe na feira pela primeira vez. Seu trabalho slow fashion preza por uma joalheria com formas orgânicas. Destaque para as peças feitas da fundição de prata com ouro.

Caju

Clarissa Veloso ficou animada com a recepção aos acessórios de Carnaval – Foto: Romero Rafael / Social1

Comandada por Clarissa Veloso, a marca tem oito anos e faz acessórios de casamento a Carnaval, passando pelo São João. Também pela primeira vez na feira de moda mineira, a designer foi surpreendida pelo interesse dos clientes mineiros e a informação de que o Carnaval de BH só cresce.

Maria Ribeiro e Studio Lama

Paceiras de ofício, Natália Tapety, do Studio Lama, e Maria Ribeiro dividem estande – Foto: Romero Rafael / Social1

Dada a conexão criativa e estética, Maria Ribeiro, da grife de acessórios que leva seu nome, e Natália Tapety, do Studio Lima, dividiram estande. Maria está no Minas Trend pela 2ª vez, enquanto o Studio Lama estreia.

Maria Ribeiro chamou atenção não só pelos seus indefectíveis acessórios, mas também pelo espelho criado em curadoria de Marcelo Rosenbaum. E o Studio Lama, que antes criava apenas com acrílico, incorporou peças de prata.

Patrícia Moura Biojoias

Patrícia Moura ao lado de colares de sisal tingido – Foto: Romero Rafael / Social1

Sementes, fibras, sisal, conchas, pedras semipreciosas, chifres, ossos e pele de tilápia são alguns dos materiais orgânicos usados pela designer há 17 anos. A marca tem como princípio a sustentabilidade, tanto social, com seus fornecedores, quanto ambiental, no uso de material que seria descartado. Está na feira pela 2ª edição.

Sem Sarê

Ed comanda a Sem Sarê em Custódia – Foto: Romero Rafael / Social1

A marca, de Custódia, é especializada em acessórios banhados a ouro. Comandada por Edylloegna (pode chamá-la de Ed), trouxe para o Minas Trend, de que participa pela primeira vez, novidades: peças cravadas por cristais Swarovski e zircônia, pedra que imita o diamante.

Studio 122

Raul Menezes com óculos por ele mesmo, camisa da olindense Rafa Q Faz, e colar de Maria Ribeiro – Foto: Romero Rafael / Social1

De Raul Menezes, a marca de óculos de madeira veio ao Minas Trend pela 1ª vez com exposição de todo o processo de fabricação – desde as folhas de madeira, como embuia, até revestimentos de fibra de coco, tecido e fórmica. A ideia de negócio do olindense é também fabricar para terceiros.

Verde

Fernanda Dubeux usando acessórios de folhagens eternizadas em prata – Foto: Romero Rafael / Social1

Há cerca de 25 anos no mercado, a grife é capaz de tornar ouro quase tudo. Chamava atenção no estande um colar com canudos de plástico eternizados com banho de ouro. Processo que também pode ser feito com bronze ou prata. É a 2ª vez da grife, comandada por Rosana Lemos e Fernanda Dubeux, mãe e filha, no Minas Trend.

LEIA TAMBÉM:
Lethicia Bronstein desfila coleção hiperfeminina no Minas Trend

Anne est Folle faz roupa pra quem quer se sentir livre e leve

Passarela Têxtil mostra novas possibilidades para o jeans

Moletom com bordados de pedrarias e cristais brilha no desfile de Denise Valadares

Coletivo Alagoas transporta a vibração do Nordeste para o Minas Trend

Victor Dzenk renovou seu nome com talento, em coleção elogiada

Mangas bufantes, babados… volumes foram tendências fortes no Minas Trend

Repórter viajou a convite da Federação das Indústrias de Minas Gerais (Fiemg)

Compartilhe
Publicado por
Romero Rafael

Comentários