RELIGIÃO

Márcia Fellipe é boicotada após criticar “santidade” de Irmã Dulce

Publicado em Notas 18/10/2019 às 19:12
Márcia Fellipe é boicotada após criticar “santidade” de Irmã Dulce

Márcia Fellipe é boicotada após polêmica sobre Irmã Dulce. Foto: Reprodução/Instagram

Após um comentário polêmico sobre a canonização de Irmã Dulce, Márcia Fellipe parece enfrentar a ira dos católicos. Mesmo com o pedido de desculpas, a sertaneja foi boicotada pela população da cidade de Guarabira, na Paraíba, onde ela deve se apresentar entre janeiro e fevereiro do ano que vem, na Festa da Luz.

LEIA MAIS: Márcia Fellipe é alvo de internautas após criticar canonização de Irmã Dulce

O público compartilhou e fortaleceu hashtags para que a cantora seja afastada da comemoração. “Atenção Prefeitura de Guarabira. Pelo desrespeito à Irmã Dulce e pela Festa da Luz ser da padroeira, não queremos Márcia Fellipe em Guarabira. #MarciaFellipeNao”, escreveu um internauta.

A polêmica

A primeira santa brasileira recebeu críticas de Márcia antes mesmo de sua canonização, no último domingo, 13. “Ajudar ao próximo sim! Mas não fez de nenhum ser humano ser ‘santa’. Santo, só o Senhor Jesus Cristo. Não se deixem enganar. Leiam a Bíblia. E conhecereis a verdade, e a verdade vos libertará”, disse a cantora.

LEIA MAIS: Fabiana Karla chora morte de Maurício Sherman e não consegue apresentar o “Se Joga”

Após todo o rebuliço em volta do assunto, Fellipe resolveu pedir desculpas, afirmando que foi mal interpretada. “Eu peço aqui desculpa. Não falei sobre religião. Falei sobre o que a palavra nos diz. Muita coisa que a gente vê acontecendo no meio do mundo, ela é feita pelo homem. Assim, tem gente distorcendo que eu tenho intolerância a religião, em nenhum momento”, explicou ela através das redes.

Compartilhe
Tags:
Publicado por
Igor Guaraná

Comentários