“Eu deveria contratar o prefeito do Rio para promover o meu próximo livro”, diz ilustrador de HQ censurada

“Eu deveria contratar o prefeito do Rio para promover o meu próximo livro”, diz ilustrador de HQ censurada

O desenhista britânico falou sobre o assunto à BBC News Brasil. Foto: Jim Cheung/Marvel Comics

Publicado em Notas 10/09/2019 às 4:11

Jim Cheung, ilustrador britânico responsável pela HQ Vingadores: A Cruzada das Crianças, censurada na última semana durante a Bienal do Livro, falou sobre a polêmica decisão do prefeito do Rio de Janeiro, Marcelo Crivella, de declarar guerra à publicação por conter um beijo gay entre dois heróis, Teddy Altman e Billy Kaplan.

LEIA MAIS: HQ censurada por trazer beijo gay se esgota na Bienal do Livro do Rio

“Eu deveria contratar o prefeito do Rio de Janeiro para promover meu próximo livro”, ironizou Jim, em resposta a uma usuária, através do Instagram, sobre o fato dos livros terem se esgotado após a polêmica. Nesta terça-feira, 10, em entrevista à BBC News Brasil, ele se diz emocionado ao ver as mensagens de manifestação dos brasileiros em defesa dos direitos LGBTQ+ e a liberdade de expressão. “É maravilhoso ver o povo brasileiro se posicionando”, declarou.

Apesar disso, ele destaca que o país ainda deve percorrer um longo caminho se quiser conquistar a igualdade. “O fato dessa história ter alcançado manchetes demonstra as várias faces da sociedade moderna. Mostra que as comunidades estão aceitando suas diferenças e diversidade, mas também revela a dificuldade que ainda enfrentamos na busca por igualdade a todos”, disse Jim, por e-mail, à BBC News Brasil.

LEIA MAIS: Felipe Neto compra e distribui 14 mil livros com temática LGBTQI+

“Eu aplaudo o povo brasileiro por se unir nesse protesto”, finalizou o desenhista, que possuí em seu currículo a produção do estrondoso sucesso Mulher Maravilha, estrelado por Gal Gadot, além de Grey’s Anatomy e Sex and the City.

Compartilhe
Publicado por
Igor Guaraná

Comentários
WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com