Marido de Lulu Santos, Clebson Teixeira se revolta com ataques homofóbicos

Marido de Lulu Santos, Clebson Teixeira se revolta com ataques homofóbicos

Clebson Teixeira e Lulu Santos (Imagem: Reprodução / Instagram @clebson.teixeira )

Publicado em Famosos 26/08/2019 às 10:04

Diante da tela do seu smartphone, computador ou outro dispositivo que simboliza — para alguns — o que seria o ápice da evolução da sociedade, usuários do Facebook acharam por bem comparar as queimadas da amazônia, desastre que chamou a atenção do globo, à relação sexual de Lulu Santos e Clebson Teixeira. O marido do cantor se revoltou e desabafou em rede social sobre o ocorrido.

LEIA TAMBÉM > Gusttavo Lima anuncia que vai diminuir ritmo da carreira

A publicação, que mostrava uma foto do casal feliz, dizia: “A Amazônia é igual ao Lulu Santos. Já queimava desde os anos 80, mas só agora que descobriram”. A atenção dada pelos usuários à relação sexual do casal foi ilustrada nas inúmeras notificações que Clebson Teixeira recebeu no Facebook. A rede avisou que usuários fizeram o upload de fotos que poderiam conter sua imagem.

No seu Instagram, o marido de Lulu Santos compartilhou o print da publicação feita por um usuário e desabafou: “Eu me pergunto todos os dias, o que as pessoas ganham em tentar ofender e machucar os outros? Acredito que hoje, ao abrir o Facebook e me deparar com os mais de mil compartilhamentos da nossa foto, com a ‘sagaz e cordial’ mensagem acima, eu, definitivamente, deveria saber a resposta!”.

[instagram B1kVIqehY_-]

Vítima de mensagens homofóbicas desde que assumiu o relacionamento com o cantor, Clebson Teixeira revela seu cansaço: “Geralmente eu não me importo com o que os idiotas sem argumentos, instrução e educação, que sequer têm a decência para manter uma conversa decente, respeitosa e honesta dizem a nosso respeito, mas tem uma hora que cansa sabe?”.

Ainda na legenda, ele comenta: “Ver os seus próprios pais que sempre te apoiam e defendem relatarem que fulano falou isso ou aquilo a seu respeito, e que tiveram que intervir, sabendo o que você representa a eles, é realmente deprimente! A cada dia que passa tenho a maior certeza de que grande parte das pessoas não desejavam um país melhor para se viver, mas sim para eliminar tudo aquilo que eles não gostariam de conviver, já que de certa forma não acham ‘certo ou normal'”.

Por fim, ele alfineta: Aos que fizeram a gracinha acima, só tenho uma coisa a dizer: na próxima, sejam mais criativos e inteligentes, apesar de que acredito que pedir isso é demais!”.

Compartilhe
Publicado por
Victor Augusto

Comentários
WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com