Gastronomia dá adeus ao chef Georges Thevoz

Gastronomia dá adeus ao chef Georges Thevoz

Morte de Georges deixa a gastronomia de luto

Publicado em Gastrô Notas 24/08/2019 às 7:42

Queridíssimo de muitos, o chef e restaurateur Georges Thevoz, ex-Chez Georges, morreu, aos 67 anos, vítima de uma parada respiratória, na tarde deste sábado (24), em Gravatá, no Agreste de Pernambuco, deixando a gastronomia brasileira de luto.

O enterro está marcado para este domingo, às 14h, no cemitério Vale da Saudade, em Igarassu.

Nascido em Lausanne, na Suíça, o chef tem uma história de amor pelo Brasil e, mais especificamente, por Pernambuco, lugar que escolheu para passar a vida. Formado em alimentos e bebidas, passou por vários hotéis pelo mundo, até que veio trabalhar no Rio de Janeiro, quando se apaixonou pelo Brasil e não mais deixou o País. Em Pernambuco há mais de 30 anos, marcou para sempre a gastronomia do Estado. Aqui, abriu o L’Atelier, e posteriormente o Chez Georges, no Pina – restaurante que depois se mudou para Olinda e Casa Forte. Sempre exigente com a técnica francesa, o restaurateur instalou processos e ingredientes que, a época, não eram tradicionais à mesa pernambucana.

O chef pernambucano Cesar Santos, do Oficina do Sabor, lamentou a perda do colega. “Para mim, ele foi uma grande referência. E trouxe uma grande contribuição para a construção do que é hoje a gastronomia pernambucana. Mas Georges também nos ensinou como viver. Que Deus o receba com um banquete no céu”, disse, ao Social1.

A Associação do Prato da Boa Lembrança divulgou a nota abaixo:

“Com muito pesar que comunico o falecimento do chef e ex-associado George Thevoz. George, além de ter sido o primeiro associado da ARBL em Pernambuco, revolucionou a cozinha nordestina a por as técnicas clássicas da culinária europeia a serviço dos ingredientes nordestinos. Depois de George a cozinha nordestina não foi mais a mesma”.

Compartilhe
Comentários
WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com