Caso Neymar: Polícia decide não indiciar atleta por estupro e agressão

Caso Neymar: Polícia decide não indiciar atleta por estupro e agressão

Neymar (Imagem: CARL DE SOUZA / AFP)

Publicado em Famosos 30/07/2019 às 9:12

Foi encerrado pela Polícia de São Paulo nessa segunda-feira (29) o inquérito que investigava o suposto estupro cometido por Neymar contra Nájila Trindade, que também acusa o jogador de agressão. Isso é o que informa a Globo News, que contou quer a decisão foi da delegada Juliana Lopes Bussaco, da 6ª Delegacia de Defesa da Mulher.

LEIA TAMBÉM > Babi Rossi ataca Juju Salimeni: “Se jogava no meu então namorado”

De acordo com a Globo News, a delegada não entendeu que Neymar tenha cometido agressão ou estupro contra Nájila Trindade. No começo deste mês, ela teria pedido que imagens das câmeras de segurança do hotel onde o encontro entre o atleta e a suposta vítima fossem anexadas ao inquérito, assim como o relatório médico feito pelo ginecologista da mulher. Ambos os itens não chegaram a tempo e, mesmo assim, as investigações foram concluídas.

O Ministério Público, por sua vez, teria pedido que três documentos fossem anexados ao inquérito: um inquérito que apura denúncias de extorsão contra funcionários de Neymar, outro sobre o suposto furto no apartamento de Nájila Trindade e outro, que acontece no Rio de Janeiro, sobre divulgação de imagens íntimas da mulher.

Dessa forma, o Ministério Público teria três opções a serem tomadas em até 15 dias: arquivar o caso, oferecer denúncia contra Neymar ou pedir novas dirigências.

Compartilhe
Publicado por
Victor Augusto

Comentários
WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com