Fafá de Belém se revolta com fala de Damares: “Horrorizada. Passou dos limites”

Fafá de Belém se revolta com fala de Damares: “Horrorizada. Passou dos limites”

Fafá de Belém no Programa do Bial (Imagem: Reprodução)

Publicado em Famosos 27/07/2019 às 4:10

Em fala de Damares Alves, colocou-se na falta de calcinhas — e não nos criminosos — parte da culpa da exploração sexual das meninas da Ilha do Marajó (PA). A ministra da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos defendeu que, para combater o problema social, uma fábrica de calcinhas deveria ser instalada na região. O discurso deixou parte do povo paraense ofendido e Fafá de Belém publicou vídeo no qual critica o posicionamento da ministra.

LEIA TAMBÉM > Tatá Werneck e Selton Mello revelam que já ficaram

“Tenho ficado horrorizada com as declarações que tenho lido da ministra Damares em relação às nossas meninas balseiras. Este drama é uma tragédia urbana sem precedentes. São meninas que são negociada com 10, 11 ou 12 anos. O uso sexual dessas meninas é trocado por dinheiro, alimento ou mantimentos. É um caso seríssimo”, comentou, revoltada, Fafá de Belém.

[instagram B0bDgW9BclY]

Ainda no vídeo, ela afirma: “Nós temos que estar atentos para combater a exploração sexual infantil e não é uma fábrica de calcinhas que vai resolver o problema das crianças, mas uma política séria e social de amparo à essas meninas e suas famílias”.

Por fim, Fafá de Belém deixou sua indignação com o discurso e provocou uma reflexão: “Nosso repúdio, do povo paraense e das mulheres do Brasil com a infeliz declaração da ministra Damares. Mais uma, mas essa passou dos limites. A causa das crianças serem abusadas é que elas não usam calcinha? A vítima é a culpada? Crianças de 9 ou 10 anos?”

A fala da ministra, que revoltou Fafá de Belém

A fala da ministra Damares Alves foi proferida ao falar sobre os resultados do programa Abrace o Marajó, na última quarta-feira (24), em Brasília.

“Se a mulher permanece com o agressor porque depende dele financeiramente, vamos trazer oportunidade a elas no emprego ou no empreendedorismo. Se as crianças são trocadas por alimentos ou óleos diesel que movimentam os barcos, vamos atacar o crime, conscientizar, mas também trazer as empresas que promovam a renda dessas famílias”, comentou a Ministra, no mesmo discurso no qual indicou a falta do uso de calcinhas como causa da exploração sexual.

Confira o momento no qual Damares fala sobre a falta de calcinhas:

[instagram B0U2ze9n1Ca]

 

Compartilhe
Publicado por
Victor Augusto

Comentários
WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com