Paolla Oliveira celebra discurso de Marta após jogo da Seleção Brasileira

Paolla Oliveira celebra discurso de Marta após jogo da Seleção Brasileira

Marta e Paolla Oliveira (Imagem: Reprodução / Instagram)

Publicado em Famosos 24/06/2019 às 1:58

O apito final da partida Brasil x França não pôs fim à luta das atletas brasileiras por maior reconhecimento e justiça no futebol feminino. A vaga nas quartas de final da Copa do Mundo, disputada palmo a palmo por mais de 120 minutos nesse domingo (23), ficou com as francesas. Marta, porém, portou-se como uma verdadeira capitã em um discurso inspirador após a eliminação. A atriz Paolla Oliveira não deixou de juntar-se ao grupo de mulheres que ecoaram as palavras da futebolista, eleita por seis vezes como a melhor do mundo.

LEIA TAMBÉM > São João de Petrolina elege a Música do Ano; conheça

“É um momento especial e a gente tem que aproveitar. Digo isso no sentido de valorizar mais. Valorize! A gente pede tanto, pede apoio, mas a gente também precisa valorizar. A gente está sorrindo aqui e acho que é esse o primordial, ter que chorar no começo para sorrir no fim. Quando digo isso é querer mais, treinar mais, estar pronta para jogar 90 e mais 30 minutos e mais quantos minutos forem necessários. É isso que peço para as meninas. Não vai ter uma Formiga para sempre, uma Marta, uma Cristiane. O futebol feminino depende de vocês para sobreviver. Pensem nisso, valorizem mais. Chorem no começo para sorrir no fim”

Marta, capitã da seleção feminina de futebol, após a partida contra a França

Para celebrar o discurso de Marta, Paolla Oliveira publicou no seu Instagram uma imagem sua ao lado da capitã. Na legenda, comentou sobre seu encontro com a atleta e pediu um país menos machista.

[instagram BzGDN_UA_ux]

“Quero postar essa foto hoje porque precisamos falar mais sobre Marta e sobre todas as outras mulheres da Seleção Feminina de Futebol.
Falar, assistir, incentivar… As palavras da Marta após o jogo ontem ficaram ecoando na cabeça de todo o Brasil. Foram palavras necessárias. Tão necessárias como a urgência de incentivos emocionais e financeiros. O esporte precisa do público assim como as seleções precisam de patrocínios para que os talentos possam ser desenvolvidos. Precisamos também estar mais próximos desse trabalho diário, acompanhando e torcendo por cada conquista… E não só na Copa. Que aconteça algo, que a gente possa chegar em 2023 com outra cultura, com outro gás, com outra energia e com um país menos machista e mais participativo. Obrigada por tudo, Seleção Feminina de Futebol”, escreveu a atriz.

Compartilhe
Publicado por
Victor Augusto

Comentários
WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com