Aviões do Forró: Revelados detalhes de suposta briga entre Solange e sua antiga banda

Aviões do Forró: Revelados detalhes de suposta briga entre Solange e sua antiga banda

Xand e Solange no Aviões do Forró (Imagem: Reprodução)

Publicado em Música 30/05/2019 às 9:40

O colunista Leo Dias publicou no seu blog do UOL os detalhes da suposta briga entre Solange Almeida e os integrantes do Aviões do Forró. Os rumores dos desentendimentos da cantora com Xand começaram a circular ainda em 2017, mas foram negados pelos envolvidos. Segundo o jornalista, o abafa aconteceu porque ela tentava receber salários atrasados e outros valores aos quais teria direito. As irregularidades teriam culminado em um processo milionário movido pela artista contra a banda.

LEIA TAMBÉM > Pastora evangélica tenta atrair fiéis com morte de Gabriel Diniz: “Cantar para o diabo é um caminho sem volta”

De acordo com o colunista, Solange estaria pedindo R$ 5 milhões, alegando que o valor seria o resultado de tudo que deixou de ganhar como integrante da banda, o que inclui a estrutura, marca e outras propriedades da banda que ajudou a levantar por 15 anos.

No processo, segundo o colunista, Solange afirma que seria dona de 25% da banda, o que não teria impedido sua expulsão do grupo em 2016, com a promessa de receber tudo a que teria direito. Segundo os donos do Aviões do Forró, ela ameaçava os empresários com sua saída, alegando que o grupo perderia força sem ela.

Os principais motivos dos desentendimentos, segundo Leo Dias, são os seguintes:

Salários mais baixos: O colunista conta que Solange Almeida não aceitava receber um salário menor do que o de Xand. Esse ponto se tornou o principal para a briga entre os vocalistas. Ainda segundo o jornalista, do dinheiro destinado aos cantores, o vocalista ficava com 70% e ela com 30%. A vocalista recebia menos que todos os empresários, diz o comunicador.

Quatro meses sem receber: No processo, segundo Leo Dias, Solange alega que ficou quatro meses sem receber sua porcentagem antes de deixar a banda.

Carreira solo prejudicada: O colunista aponta que a carreira solo de Solange Almeida demorou a decolar por causa da força do Aviões do Forró. É que a banda é dona de várias rádios e, ao fechar contratos para apresentações, os empresários colocavam a condição de que a ex-integrante do grupo não fosse contratada para se apresentar no mesmo evento.

O lado do Aviões do Forró

O problema maior para que Solange Almeida receba sua parte é que os bens da banda estariam bloqueados pela justiça em um processo de sonegação fiscal. Para Leo Dias, o advogado de um dos donos do grupo falou sobre o assunto:

“Na questão societária ela sempre recebeu dentro do percentual dela. Isso vai ser demonstrado tecnicamente depois de uma avaliação com perito. Não basta o que Solange diz, quem vai dizer isso é um perito. Nós estamos preparando todo o material técnico e vamos entregar ao Juiz. O perito vai dizer quais são os haveres ou deveres. Muitas vezes o balanço é negativo”, afirmou Carlos Efrem.

Sobre o porquê de Solange ainda não ter recebido o valor, ele explicou: “Quando a Solange saiu nós deixamos pra acertar com ela depois por conta da questão fiscal do Aviões do Forró, que a Receita estava em cima. A Receita ainda está operando e não autuou o Aviões, mas nós já fomos até lá e apontamos quanto de imposto deveríamos pagar, e estamos pagando antes mesmo de sair a autuação. A empresa está pagando rigorosamente em dia seus impostos que deviam e por isso deixamos para resolver a questão da Solange depois”.

O que diz Solange

Para a Quem, a assessoria da cantora enviou uma nota escrita pelo seu advogado, Livelton Lopes. Confira:

“Em face das notícias recentemente veiculadas nas redes sociais sobre um processo cível de apuração de haveres (Processo nº 0117685-22.2019.8.06.0001, em curso na 3ª vara cível da comarca de Fortaleza/CE) em que é autora a cantora Solange Almeida e são promovidos os seus ex-sócios Carlinhos Aristides, Isaias Cd´s, Xand Avião e Cláudio Melo, inicialmente temos a esclarecer que antes de ingressar como qualquer processo judicial a artista Solange Almeida tentou de todas as maneiras resolver as questões existentes com seus ex-sócios através do diálogo, ocorre que passados mais de dois anos de sua saída da banda Aviões do Forró, a mesma não encontrou reciprocidade nas tratativas amistosas que fez”, dizia o comunicado.

Compartilhe
Publicado por
Victor Augusto

Comentários
WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com