Buffet Villa Sandino aposta na personalização e mira crescimento no Nordeste

Buffet Villa Sandino aposta na personalização e mira crescimento no Nordeste

Flûte de queijo camembert e mel de engenho, entre os mais pedidos do buffet do Villa Sandino. Fotos: Felipe Ribeiro/JC Imagem

Publicado em Gastrô Menu do Dia 14/02/2019 às 11:04

Se a vida fosse, como no ditado, ‘prego batido, ponta virada’, os sócios do Villa Sandino, não teriam aberto os olhos para uma demanda que levava o empreendimento para um outro foco, no mesmo ramo.

O rolinho de salmão maçaricado, pimenta rosa e redução de balsâmico é um dos carros-chefes do coquetel volante

O rolinho de salmão maçaricado, pimenta rosa e redução de balsâmico é um dos carros-chefes do coquetel volante

Lá em 2012, quando resolveram abrir o restaurante, a ideia dos sócios Felipe e Pedro Almeida e Rafael Corrêa era atender a uma demanda crescente por self-services nas imediações da movimentada Rua da Hora, no Espinheiro. Pouco a pouco, os próprios clientes começaram a pedir por outros serviços, que poderiam ser oferecidos em um horário em que a casa não funcionaria – o noturno.

Estavam então lançadas as cartas. E por que não oferecer também o serviço de bufê para festas, em outros espaços? Bingo. Já com expertise de cozinha e disposição para ampliar os negócios, primeiro foram os corporativos, depois chegaram os casamentos. Em 2015, o cardápio de eventos estava consolidado e a equipe (que hoje é diferente da que atende ao restaurante) montada.

Finger food, para a abertura do cardápio degustação

Hoje o Buffet Villa Sandino, que ao longo destes anos se especializou em casamentos, mira no Nordeste e projeta saltos maiores – a equipe, que já realizou cinco casamentos simultâneos, em três Estados, Pernambuco, Paraíba e Alagoas, tem o primeiro grande evento contratado, para 2020: uma formatura. “Estamos maduros para oferecer esse tipo de serviço para duas, três mil pessoas”, comemora Felipe Almeida, um dos sócios.

A confiança e segredo para a caminhada estão no que, lá atrás, fez com que os empresários desistissem de abrir o restaurante para o jantar e apostassem em um novo foco. O feeling. O mesmo que os levou a perceber que uma mudança no mercado dos casamentos alteraria tudo: “Antes eram os pais que faziam a festa. E quem decidia era quem pagava. Hoje são os noivos. Esses são os nossos clientes: jovem, mais ousado e que quer uma festa com a cara dele”, explica a gerente comercial Samira Alves.

Medalhão de costela suína, barbecue de goiaba e petit gateau de queijo na sessão empratados

Medalhão de costela suína, barbecue de goiaba e petit gateau de queijo na sessão empratados

Ela conta que novos serviços foram adicionados “à carta” como bar de gim, coquetel volante com harmonização e o lanchinho da madrugada, com direito a coxinha, pipoca, açaí e milk shake. O bufê oferece de rolinho de salmão maçaricado a minitemakis de salmão e philadelphia, além de panelinhas. O público vegano também está no alvo.

Compartilhe
Comentários
WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com