Samuel Rosa, do Skank, corrige seguidor que erra feio

Samuel Rosa, do Skank, corrige seguidor que erra feio

Samuel Rosa - Foto: reprodução do Instagram

Publicado em Famosos 13/02/2019 às 8:22

Samuel Rosa, vocalista do Skank, postou em rede social uma imagem em defesa da criminalização da homofobia, que começou a ser discutida pelo Supremo Tribunal Federal nesta terça-feira (13). Na imagem lê-se “Hoje, o STF decide (depois de 6 anos) se homofobia é crime. #écrimesim Respeito não é questão de opinião. É justiça”. Um seguidor tão ignorante quanto ousado resolveu confrontar a manifestação do cantor citando, erroneamente, o nome de uma música da banda.

“Para mim, isso tudo é frescura. O Skank tem uma música por nome chamado macaco cidadão… Hoje você chamar uma pessoa de macaco é crime. Então, pra mim, isso tudo não passa de uma frescura”, escreveu o seguidor, mostrando ignorância sobre o assunto – tanto em relação à homofobia quanto ao racismo, ao reduzi-los ao que chama de “frescura” – e também desconhecimento sobre a obra do Skank, ao não saber que a música chama-se Pacato Cidadão.

Obviamente, o rapaz não tem obrigação de conhecer a obra de Skank, mas não se deve atacar com uma “arma” que não se sabe usar. Além do mais, o comentário revela o quanto há, nas redes sociais, gente escrevendo coisas, como se fosse uma opinião formada, sobre assuntos dos quais não sabe ou não entende, por falta de conhecimento.

Ao erro, Samuel Rosa respondeu, educadamente: “PACATO cidadão. Por favor”.

É pra rir (rs) e pra chorar também.

Compartilhe
Publicado por
Romero Rafael

Comentários
WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com