Carnaval 2019: onde encontrar glitter biodegradável?

Carnaval 2019: onde encontrar glitter biodegradável?

Foto: Flora Negri/Divulgação

Publicado em Carnaval 2019 Notas 13/02/2019 às 11:03

É um caminho sem volta. Quando você se enche de glitter no Carnaval não quer mais nada que não brilhe muito! Quanto mais brilhante, melhor. Mas, você já parou pra pensar para onde vão tooodas aquelas partículas cintilantes quando você, finalmente, se livra delas no banho?

O glitter é feito de plástico e alumínio. Ao serem descartados, os brilhinhos escorrem pelos ralos da casa de cada folião. Por ter até cinco milímetros de diâmetro, o microplástico não consegue ser filtrado e cai nos oceanos. E por não ser biodegradável,  acaba entrando para a cadeia alimentar ao ser ingerido por peixes e até por humanos. Pois é, triste, né?

Muita gente já começou a prestar atenção nisso e de uns anos para cá o glitter foi coroado como um dos grandes vilões do Carnaval.  E os foliões, que só se preocupavam em ficar brilhantes até a festa de 2020, estão trazendo a pauta ambiental para a folia na forma do bioglitter, ou glitter biodegradável. Febre no Brasil todo, aqui em Pernambuco esta versão também está conquistando seu mercado com algumas opções para quem quer se ‘purpurinar’ de forma sustentável

Veja onde encontra o bioglitter:

CONTÉM GLITTER

 

 

Filha de um ambientalista, a empresária Naiara Cândido, da Contém Glitter, foi buscar na Alemanha uma alternativa sustentável para o brilho. Trata-se de um  glitter  feito com plástico biodegradável que dissolve na água e no solo em menos de dois meses, diminuindo os danos à natureza. Mas não derrete com o suor. Perfeito, né?  Os produtos atendem à norma que regulamenta todos os plásticos biodegradáveis das indústrias da Europa.

VAMO BRILHAR (@vamobrilhar)

A Vamo Brilhar fez uma parceria com a marca @_brilhow_, de biólogas marinhas do Rio de Janeiro. Tem três tipos diferentes de Bioglitter: o escaminha, feito com ágar-ágar e mica (um mineral que dá o brilho no glitter); o areia mágica, que é mais fininho, mas também é feito a partir desses ingredientes e o estelar, impoertado da Alemanha, feito com com celulose regenerada de eucalipto, glicerina, corantes cosméticos e minerais.

GLITTERIZAR (@glitter.izar)

A Glitterizar vende 18 opções de glitter biodegradável. Elas vê do Rio de Janeiro e são feitos a base  base de algas e minerais. Há opções de dois tamanhos de vidrinhos e diversas cores.

ARE (@aah_are)

Bioglitter da ARE

Foto: @moniquevelosofotografia

Areta Matos começou vendendo o glitter convencional, mas a procura pelo bioglitter estava tão grande que ela resolveu pesquisar uma forma de fabricar os brilhinhos biodegradáveis de forma artesanal. “Uso agar agar e pó de mica como ingredientes, é super simples o preparo. A parte ruim é  o valor do agar agar aqui no Recife é super caro, por isso o preçio do bio não é tão baixo assim”, explica. A ARE oferecetoda as cores básicas e também aceita encomendas para quem quiser algum tom especifico.

EMPÓRIO GREENCARE (@greencare.emporio)

Na loja Empório Greencare, no Parnamirim, é possível encontrar opções de glitter biodegradáveis e veganos das marcas Pura Bioglitter, do Rio de Janeiro e Arielle Morimoto Cosmetics, de São Paulo.

Compartilhe
Publicado por
Anneliese Pires

Comentários
WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com