publicidade
11/02/19
Paula e Maycon são os alvos da investigação. Foto: Divulgação/TV Globo
Paula e Maycon são os alvos da investigação. Foto: Divulgação/TV Globo

Polícia investiga casos de intolerância religiosa e racismo no BBB19

Publicado por Igor Guaraná em BBB19 às 16:10

“Cabelo ruim”, “racismo inverso” e “fim das cotas raciais” são algumas das opiniões defendidas por Paula Sperling, bacharel em Direito e participante do Big Brother Brasil 19. Ao lado de Maycon Santos, eles protagonizam uma série de cenas preconceituosas e lamentáveis dentro da casa mais vigiada do Brasil. O brother chegou a dizer que tem medo de mandar Rodrigo para o paradão, já que o participante pode “fazer algum trabalho contra ele” por seguir religiões de matrizes africanas. Inacreditável, não?

LEIA MAIS: Hana é eliminada do BBB e Gustavo comemora com fogos

Em outro momento, Maycon, em conversa com Paula, diz que sentiu uma energia ruim enquanto Rodrigo e Gabi dançavam e refletiam ao som da música Identidade, de Jorge Aragão. Nesta segunda-feira, dia 11, a Delegacia de Crimes Raciais e Delitos de Intolerância (Decradi) resolveu abrir um inquérito para apurar os casos envolvendo racismo e intolerância dentro do programa. Ao Notícias da TV, a Polícia Civil confirmou o caso: “As investigações estão sob sigilo”, disse o órgão. Ainda de acordo com eles, Paula e Maycon estão sendo tratados como os alvos das investigações.



FECHAR