publicidade
30/01/19

Como proteger as crianças durante o sol forte no verão

Publicado por Felipe Fernandes em Notas às 8:00

A estação mais quente do ano sempre coincide com as férias das crianças. Depois de um ano de muito estudo, elas não querem saber de ficar em casa e a exposição ao sol é inevitável. Mas queimaduras, insolação e outros problemas na pele podem ser evitados, e o Social1 traz algumas dicas para proteger a meninada:

Exposição e filtro solar

pelecriancas

Fotos: Divulgação

“Crianças acima de seis meses não devem ter exposição solar maior do que 10 minutos. De preferência, sempre com roupas frescas e com proteção UV nas mesmas. De 6 meses a 1 ano o uso do fotoprotetor deve ser feito com fatores físicos de 30 a 60”, explica a dermatologista Luciana Lócio. Ela lembra também que antes dos seis meses de idade, a proteção deve se dar através de uso de bonés, roupas adequadas, guarda-sol. Os pais precisam reaplicar o filtro de 2 em 2 horas e evitar a exposição das crianças entre as 10h e 16h.

Tipos de roupa

22112014_246

“Tanto para crianças ou adultos, é importante evitar o uso de muita roupa, principalmente em dias quentes.  Outra dica é utilizar roupas de algodão ou fibra natural, pois roupas sintéticas costumam reter o calor e o suor”, sugere a dermatologista. A estilista Rérica Ghirelli explica que o ideal é o uso de tecidos fluídos, com algodão. “Esses tecidos ajudam na ventilação do corpo e também facilitam a transpiração. Cores claras e estamparias são sempre bem-vindas e também já caíram no gosto do universo da moda infantil”, ressalta.

Foto: Reprodução/Internet

Foto: Reprodução/Internet

Acessórios que ajudam na proteção

Chapéu ou boné são importantes complementos na luta contra o sol forte. Os óculos de sol infantis são bastante indicados também, desde que a criança tenha coordenação motora para caminhar com eles. Óculos escuros sem a devida proteção contra os raios ultravioletas são contraindicados. Isto porque, segundo a médica Liana Ventura, a visão fica desprotegida e os olhos recebem uma quantidade de luz até maior do que entraria se a pessoa estivesse sem o óculos.

O rosto é uma das zonas do corpo que é mais afetada durante a exposição do sol e, além do uso do protetor, é importante que a criança ande sempre que possível de chapéu ou boné quando estiver ao sol. Estes acessórios são importantes também para proteger o couro cabeludo contra o calor, evitando dores de cabeça e insolação.



FECHAR