Tatá Werneck e Paolla Oliveira denunciam novo caso de execução de animal

Tatá Werneck e Paolla Oliveira denunciam novo caso de execução de animal

Tatá Werneck e Paolla Oliveira (Imagem: Reprodução / Instagram)

Publicado em Famosos 18/12/2018 às 7:39

Quem visitou desatentamente o Instagram de Tatá Werneck e Paolla Oliveira pode ter pensado que as atrizes haviam compartilhado novamente notícias sobre o caso do cachorro executado no Carrefour de Osasco (SP). Mas as publicações feitas por elas nessa segunda-feira (17) falavam sobre uma cadela morta a pauladas na frente da família.

LEIA TAMBÉM > Modelo negra chama atenção para falta de diversidade na moda, ao recriar fotos de grandes campanhas

A publicação do G1 informa que Larissa Porto estava passando o final de semana com a família em São Francisco de Itabapoana quando a cadela Lili assustou-se com o rapaz e mordeu seu pé. Enfurecido, o homem teria espancado o animal na frente do seu filho de dois anos e do resto da família, o que inclui sua agora ex-esposa – que optou pelo divórcio após o ocorrido – sua sogra e seu sogro, os donos da cachorra.

“Eu não imaginava que ele seria capaz disso. Eu imaginava que ele iria colocar a cachorra na rua, mas não matar na frente do meu filho de dois anos, na minha frente, na frente da minha mãe e dos meus avós. Eu estou acabada”, disse Larissa Porto, que gravou o vídeo, ao G1.

Prontamente, Tatá Werneck e Paolla Oliveira compartilharam a notícia e fizeram um alerta sobre a necessidade da aprovação da PLS 470/2018, que torna mais duras as penas dos condenados por maus tratos a animais.

[instagram BrfvtfUnlex]

“Um homem matou uma cachorrinha na frente da família . Sabe o que hoje em dia acontece com esses monstros ? Nada ! Precisam aprovar essa lei contra os maus tratos a animais . Foi aprovada no Senado e agora precisa ser aprovada na câmara”, escreveu Tatá.

[instagram Brfy4NzgzAP]

Paolla Oliveira, que ganhou o apoio dos seguidores, escreveu: “Mais um caso gravíssimo de violência contra os animais. Só reforça o quanto precisamos de penas mais severas para esses criminosos. Semana passada a PL 470 foi aprovada no Senado e agora precisa ser aprovada na Câmara. Essa é uma luta por todos nós. Uma pessoa que faz mal a um animal, pode fazer mal sim a qualquer ser vivo”.

Compartilhe
Publicado por
Victor Augusto

Comentários
WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com