publicidade
05/12/18
Elenco de
Elenco de "Elza" - Foto: Leo Aversa / Divulgação

Musical sobre Elza Soares faz sessões no Recife

Publicado por Romero Rafael em Teatro às 14:42

A produção do musical Elza, sobre Elza Soares, desembarca no Recife, em janeiro, para duas sessões no Teatro Guararapes, dias 18, às 20h, e 19, às 18h. No palco, sete cantoras e atrizes dividem a missão de evocar a intérprete, conhecida pela capacidade de resistir e reinventar-se, multifacetada.

Larissa Luz – cantora baiana ex-vocalista do Araketu, indicada ao Grammy Latino por seu álbum solo Território Conquistado (2016) – encabeça o elenco, formado por mais Janamô, Júlia Tizumba, Laís Lacorte, Verônica Bonfim (que nos anos 2000 participou do Fama), e ainda Késia Estácio e Khrystal, vozes conhecidas de temporadas passadas do The Voice Brasil.

A banda é formada por Antônia Adnet, Geórgia Câmara, Guta Menezes, Neila Kadhí, Marfa e Priscilla Azevedo.

“Elza” – Foto: Leo Aversa / Divulgação

O musical

O texto de Elza é de Vinícius Calderoni e a direção, Duda Maia. Larissa Luz assina a direção musical junto com Pedro Luís e Antônia Adnet. Já o maestro baiano Letieres Leite criou os novos arranjos para músicas “clássicas” do repertório de Elza Soares – entre elas, Se Acaso Você Chegasse, Lama, O Meu Guri e A Carne.

Músicas gravadas por Elza Soares mais recentemente, nos álbuns A Mulher do Fim do Mundo e Deus É Mulher – trabalhos responsáveis pela renovação da artista, que ampliou o leque de fãs e conquistou novamente a crítica – também  estão no roteiro, que não segue ordem cronológica.

Ainda que as tragédias pessoais de Elza Soares, como a morte dos filhos e de Garrincha, estejam no espetáculo, a jornada é contada com alegria. “Sou muito alegre, viva, debochada. Não vai me fazer um musical triste, tem que ter alegria”, disse a artista a Vinícius Calderoni, que escreveu o texto a partir do que ouviu das sete cantoras e atrizes negras que fazem o musical.

Elza é um projeto idealizado por Andrea Alves, da Sarau Agência, a partir de um convite da própria Elza Soares e de seus produtores Juliano Almeida e Pedro Loureiro. Já conquistou os prêmios Reverência de Melhor Espetáculo, Direção, Autor e Arranjo, além de ter sido indicado ao Prêmio APCA de Melhor Espetáculo e Atriz – este, para o trabalho de Larissa Luz.

Assista a um trecho:

Ingressos

As entradas já estão à venda pelo site Eventim, na bilheteria do Teatro Guararapes e nas lojas da Ticketfolia. Custam R$ 100 (inteira) e R$ 50 (meia), para plateia especial; R$ 90 (inteira) e R$ 45 (meia), plateia; R$ 60 (inteira) e R$ 30 (meia), balcão.

LEIA MAIS: Rodrigo Lombardi e Sérgio Mamberti trazem ao Recife a peça “Um Panorama Visto da Ponte”



FECHAR